• FESTA TRICOLOR

    O Castelão pulsou em azul, vermelho e branco neste domingo. Com direito a mosaicos antes e um futebol inteligente e eficiente depois, Rogério Ceni comandou o Tricolor ao título estadual na Arena Castelão. O Ceará, que precisava vencer por dois gols de diferença, sequer chegou ao primeiro. Méritos de um time que soube não só administrar a vantagem, mas ampliá-la com Roger Carvalho aos nove minutos do primeiro tempo. Pode comemorar, torcedor do Leão! O estado é seu!

    Confira os melhores momentos de Ceará 0 x 1 Fortaleza na final do Cearense

    Confira os melhores momentos de Ceará 0 x 1 Fortaleza na final do Cearense

  • PRIMEIRO TEMPO

    O Ceará começou assustando. Ricardinho teve boa chance nos primeiros minutos. Mas só começou. Porque com menos de dez minutos, o Fortaleza abriu o placar com Roger Carvalho, que aproveitou a sobra da cobrança de falta de Edinho, que acertou o travessão. O Ceará, então, foi ao ataque, mas abusou dos cruzamentos na área. Todos sem efetividade. Sem meio-campo eficaz, o Vovô sofreu no primeiro tempo para conseguir algo. O Fortaleza se segurou e tentou o segundo gol no contra-ataque.

  • SEGUNDO TEMPO

    O Ceará precisava de três gols para ser campeão cearense. Para isso, tentou bastante. Roger foi o jogador mais acionado no segundo tempo. O atacante, ao lado de Samuel Xavier, perderam uma chance incrível na segunda etapa. O Ceará ficou no quase. A torcida ficou na bronca. Se precisava de três, nem o primeiro gol apareceu. O título ficou com Rogério Ceni e seus comandados. Festa tricolor na Arena Castelão.

  • MAIS UM TÍTULO
    Rogério Ceni, técnico do Fortaleza

    Rogério Ceni, técnico do Fortaleza (Foto: Thiago Gadelha / Diário do Nordeste)

    Rogério Ceni chega a mais um título com o Fortaleza. O primeiro foi a Série B em 2018. O Cearense é o segundo da lista. O Fortaleza está nas semifinais da Copa do Nordeste e busca mais um troféu para a galeria e para o currículo de Rogério Ceni.

  • ZAGUEIRO DECISIVO
    Roger Carvalho faz o primeiro gol no Clássico-Rei da final do estadual

    Roger Carvalho faz o primeiro gol no Clássico-Rei da final do estadual

    Dizem que zagueiro não vai ao ataque a passeio. Pois bem. Roger Carvalho, antes dos dez minutos de jogo, deu um peixinho que deu muita tranquilidade ao Tricolor. Foi o gol que ampliou ainda mais a vantagem da equipe leonina na partida.

  • VAR QUIETINHO

    Não foi preciso o árbitro de vídeo ser acionado na final do Cearense. Se pela primeira vez na história ele esteve disponível, não foi dessa vez que ele foi decisivo.

  • ENQUETE DO INTERNAUTA

    A galera votou no Wellington Paulista para ser o cara que ia decidir o Clássico-Rei! Mas no fim das contas, foi o zagueiro Roger Carvalho quem definiu a festa em vermelho, azul e branco!

 

Nordeste Notícia
Fonte: G1

Comente com Facebook