As torcidas cearenses vêm fazendo bonito nas arquibancadas no Brasileirão
As torcidas cearenses vêm fazendo bonito nas arquibancadas no Brasileirão(Foto: Mateus Dantas)

Desde que a CBF passou a divulgar regularmente o número de torcedores que comparecem a cada jogo do Brasileirão, um fator entrou de vez nas discussões e conversas entre alvinegros e tricolores: a média de público pagante. Na atual edição da Série A, Ceará e Fortaleza vêm se destacando nesse quesito. Em 8 jogos como mandante, o Vovô levou, em média, 24.852 torcedores ao Castelão, a sétima maior marca do campeonato. Já o Leão, que jogou menos partidas em casa, levou 28.447 tricolores ao estádio em 6 jogos, a quinta melhor marca no geral.

Esses números têm tudo para aumentar ainda mais nas próximas rodadas. No sábado, 17, às 17 horas, o Fortaleza recebe o Internacional e fez promoção, com o ingresso mais barato custando R$ 10. Embalada pela vitória contra o CSA, a torcida tricolor deve comparecer em bom público na estreia do técnico Zé Ricardo. Já o Ceará, depois de enfrentar o São Paulo fora de casa, encara o Flamengo no Castelão no domingo, 25, às 19 horas. Na última parcial divulgada, 16.139 entradas já haviam sido vendidas.

PUBLICIDADE

Os bons públicos da dupla cearense na Série A colocam o futebol cearense em evidência no futebol nacional. Juntos, os dois clubes possuem uma média de 26.393 pagantes, o que coloca o Castelão como o sexto estádio com maior média no campeonato e credencia o Ceará como o segundo estado que mais leva torcedores por jogo, perdendo apenas para São Paulo.

A festa nas arquibancadas, porém, vai além dos números: no último Clássico-Rei, que contou com 37.313 pagantes, as duas torcidas fizeram bonito ao erguer mosaicos e bandeirões, mostrando a importância e o simbolismo do confronto, que não ocorria na primeira divisão há 26 anos. No seu jogo de maior público, contra o Santos (49.809), os alvinegros exibiram um mosaico com o desenho do escudo do Alvinegro. Já contra o São Paulo (41.975), a torcida tricolor homenageou o seu então técnico Rogério Ceni ao erguer uma imagem do treinador e exibir um mosaico escrito “Gratidão Ceni”.

Os bons públicos, porém, não vêm sendo traduzidos em muita lucratividade. Ceará e Fortaleza só arrecadaram, em média de renda líquida, R$ 138.540 e R$ 125.828, respectivamente. Em renda bruta por jogo, esses valores são mais que o dobro: o Vovô soma R$ 422.434,00 e o Leão, R$ 421.243,50.

É importante ressaltar, porém, que os clubes têm um dos ingressos mais acessíveis do campeonato. O Tricolor cobra, em média, R$ 14,81 por bilhete, enquanto o Alvinegro costuma cobrar R$ 17. Esses valores são calculados baseado na renda bruta e são os quinto e sétimo ingressos mais baratos do Brasileirão, em ordem. Juntando esse fator com os programas de sócio-torcedor e o bom momento vivido pelos clubes, a tendência é que os públicos cresçam ainda mais na sequência da competição.

Nordeste Notícia
Fonte: O Povo/VINÍCIUS FRANÇA

Comente com Facebook