A aposentadoria de Kaká, anunciada no último domingo, vai deixando dentro dos gramados apenas dois dos 23 campeões mundiais pela seleção brasileira em 2002.

O meia-atacante, hoje de 35 anos, era um jovem reserva de 20 na Copa disputada na Coreia do Sul e no Japão e atuou apenas na última partida da fase de grupos, contra a Costa Rica, quando o time de Felipão já se garantira no mata-mata. Depois, Kaká participou das edições de 2006 e 2010, caindo nas duas vezes nas quartas de final – para França e Holanda, respectivamente.

Dois titulares daquela campanha ainda estão na ativa: Lucio e Ronaldinho Gaúcho.

O zagueiro fará 40 anos em maio próximo, passou 2017 sem atuar – mas não anunciou aposentadoria – e voltará aos gramados no ano que vem pelo Gama para disputar o Campeonato Candango.

Já o “bruxo” não joga por nenhum clube desde que saiu do Fluminense há dois anos e hoje, aos 37, já anunciou que 2018 deverá ser último ano como profissional. Inclusive foi noticiado nesta semana que Ronaldinho pretende se candidatar ao Senador em Minas Gerais.

Ronaldinho e Kaká, por sinal, foram os últimos brasileiros a conquistar o prêmio de melhor jogador do mundo em 2005 e 2007, respectivamente.

Depois deles, apenas Cristiano Ronaldo e Lionel Messi o ganharam.

Fonte: Espn.com

       
Curta nossa página!
   
Envie sua notícia, clique na imagem!