Candidatos voltaram da portão do Campus da Uece no Itaperi, um dos locais de testes no dia 12 de junho — Foto: Gioras Xerez/g1
Candidatos voltaram da portão do Campus da Uece no Itaperi, um dos locais de testes no dia 12 de junho — Foto: Gioras Xerez/g1

O concurso da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) foi retomado, após nova decisão da Justiça do Ceará publicada nesta terça-feira (21). A Universidade Estadual do Ceará (Uece), organizadora do certame, define o novo cronograma e deve divulgar em breve a nova data de realização da prova. As informações são do Metrofor.

Justiça do Ceará suspendeu em 11 de junho o concurso público para o metrô de Fortaleza, que tinha provas previstas para domingo (12) e mais de 30 mil inscritos. Muitos candidatos só souberam da suspensão no local de prova.

O Poder Judiciário argumentou que o edital não exigia requisitos mínimos para a função de assistente de condutor de VLT e tinha de ser suspenso até a retificação do edital. Essa decisão atendeu a pedido do Ministério Público do Estado do Ceará.

Candidatos pegos de surpresa

 

O autônomo Elissandro Teixeira, 30 anos, disse, no dia das provas, que soube da suspensão durante a corrida de Uber quando ia para o exame.

“Fiquei sabendo dentro do carro. Uma colega minha me passou informação de que estava cancelado. Cheguei à Uece ninguém passou nenhuma informação. Só colocaram um papel na grade e pronto. Um absurdo e desrespeito com todo mundo aqui”, disse.

 

O concurso teve mais de 30 mil inscritos. O Metrofor ofertou 148 vagas, entre níveis médio, técnico e superior. A maioria, para funções operacionais do metrô da capital cearense.

Aviso da suspensão fixado em local de prova na manhã do domingo (12) — Foto: Divulgação
Aviso da suspensão fixado em local de prova na manhã do domingo (12) — Foto: Divulgação

Na madrugada do domingo (12), a Comissão Executiva do Vestibular (CEV) da Universidade Estadual do Ceará (Uece), banca organizadora do certame, informou a suspensão das provas.

Na decisão que suspendeu o concurso, a Justiça mandou ainda reabrir as inscrições. “Determino, ainda, que a prestadora do serviço público promova a reabertura das inscrições ao referido cargo, no prazo de 05 dias úteis, sob pena de multa diária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), a ser revertida em favor do Fundo de Defesa dos Direitos Difusos do Estado do Ceará”, determinou o juiz.

g1

Comentários
   
Clique para entrar em contato.
 
Ajude-nos a crescer ainda mais curtindo nossa página!
   
Clique na imagem para enviar sua notícia!