O Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) fará visita a Russas, no Vale do Jaguaribe, nesta quarta-feira, 20; confira últimas notícias dos eventos de hoje(foto: Alan Santos/PR)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) fará visita ao Ceará nesta quarta-feira, 20. Ele participará de eventos ligados a obras hídricas em Russas, no Vale do Jaguaribe.

Um dos compromissos do presidente é o lançamento do edital de licitação das obras do Ramal do Salgado. Ele também deve assinar contrato e ordem de serviço para a recuperação da barragem Banabuiú.

 

Durante a agenda do presidente Jair Bolsonaro no município de Russas, no Vale do Jaguaribe, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) fará o lançamento oficial do edital de licitação para construção do Ramal do Salgado, último trecho que resta para a finalização das obras do Canal Norte do Projeto São Francisco de Integração de Bacias. Com investimento global de R$ 600 milhões, a infraestrutura deve beneficiar 4,7 milhões de pessoas de 54 cidades cearenses.

O anúncio da obra hídrica faz parte do projeto Jornada das Águas, evento itinerante que partiu da nascente histórica do Rio São Francisco, no norte de Minas Gerais, e vai percorrer os nove estados do Nordeste. Com participação de Bolsonaro, a ação também tem em sua programação entregas de obras de infraestrutura, preservação e recuperação de nascentes e cursos d’água, saneamento, irrigação, apoio ao setor produtivo e aos municípios, além de mudanças normativas que, segundo o MDR, irão revolucionar a maneira como o brasileiro se relaciona com a água.

O titular da pasta, Rogério Marinho, que acompanhará o presidente na visita ao Ceará, também irá assinar ordem de serviço para início da recuperação e adequação da Barragem Banabuiú, localizada no município homônimo. Com investimento federal de R$ 15,4 milhões, a obra será executada pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) e deve beneficiar diretamente cerca de 20 mil pessoas.

Também no Ceará, o Governo Federal anunciará a criação do Fundo de Desenvolvimento Regional Sustentável, que será usado para incentivar investimentos em infraestrutura no País, com prioridade para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Os recursos, segundo o Planalto, serão usados na estruturação e desenvolvimento de projetos de concessões e parcerias público-privadas (PPPs) da União, dos estados e dos municípios em áreas consideradas prioritárias, como saneamento básico, mobilidade urbana, iluminação pública e gestão de resíduos sólidos.

 

 

Nordeste Notícia
Fonte: SVM

       
Curta nossa página!
   
Envie sua notícia, clique na imagem!