O Ministério Público do Ceará (MPCE) divulgou uma nota na noite desta sexta-feira (8), lamentando a morte dos 10 jovens atletas no CT do Clube de Regatas Flamengo e se solidarizou com os familiares dos garotos mortos e feridos em razão do incêndio.

De acordo com publicação, o MPCE informou que o procurador-geral de Justiça do Estado do Ceará, Plácido Rios, determinou que o Núcleo de Defesa do Torcedor (NUDETOR) adote providências no sentido de fiscalizar com auxílio do Corpo de Bombeiros os alojamentos e locais dos Centros de Treinamento dos Clubes Cearenses.

A medida visa evitar tragédias semelhantes a que aconteceu na manhã desta sexta-feira, no Rio de Janeiro.

Nordeste Notícia 
Fonte: Diário do Nordeste

Comente com Facebook