Com recursos do Fundeb, professores vão receber até o 20º salário em Uruoca — Foto: PMU/Uruoca
Com recursos do Fundeb, professores vão receber até o 20º salário em Uruoca — Foto: PMU/Uruoca

Os professores da rede municipal de Uruoca, a 300 km de Fortaleza, vão receber 20º salário mínimo em 2021. Ou seja, os profissionais da educação vão receber, além do 13º, mais sete parcelas do salário. O pagamento do abono corresponde ao rateio do saldo que sobrou dos recursos do Fundeb.

O total do investimento, segundo o prefeito da cidade, Kennedy Aquino (PDT), será de R$ 3,5 milhões. “Isso justamente o que estamos fazendo é o pagamento do abono corresponde ao rateio do saldo remanescente da aplicação de 70% desses recursos do Fundeb/2021”, diz.

“Eles vão ser pagos em duas partes. A primeira parte é dos três primeiros salários; ou seja, o 14º, 15º e 16º salários que foram pagos dias atrás. E do 17º até o 20º salários nós vamos pagar até o dia 20 de dezembro. Esses dois últimos salários, o 19º e 20º salários, são novidades. Após serem feitos novos estudos constatamos termos a capacidade de pagar mais dois salários aos professores, informação essa que não sabiam.”

O gestor municipal explica que parte dos salários já foram pagos e o outros benefícios serão depositados na conta dos professores até 20 de dezembro.

Uruoca, no Ceará, vai pagar o 20º salário dos professores da rede municipal — Foto: PMU/Divulgação
Uruoca, no Ceará, vai pagar o 20º salário dos professores da rede municipal — Foto: PMU/Divulgação

O pagamento vai beneficiar 230 professores entre efetivos e contratados. Segundo Kennedy Aguiar todos serão contemplados com o abono salarial. Kennedy Aquino reforça que apenas os professores por enquanto vão receber esse abono, mas há a possibilidade de profissionais como psicólogos e assistentes sociais receberem no próximo ano caso haja outro abono do tipo.

“Apenas os professores da rede pública municipal irão receber esse abono salarial. Porém, nós temos já a perspectiva de incluí-los esses profissionais [psicólogos e assistentes sociais] na folha dos 70% a partir do ano que vem, do ano 2022. Caso venha acontecer uma nova situação de abono salarial”, explica.

Nordeste Notícia
Fonte: DN

       
Curta nossa página!
   
Envie sua notícia, clique na imagem!