Frame de vídeo que flagra adolescente atirando explosivo em casa de criança em Barretos
Legenda: A hipótese da Polícia é de que o explosivo passou por cima do muro da imóvel, entrou no quarto e foi parar no colchão onde a garota dormia Foto: reprodução

Uma criança de 4 anos morreu, neste domingo (26), um dia após ter sido atingida por um explosivo enquanto dormia em uma casa no município de Barretos, Interior de São Paulo.

Segundo a Polícia Civil, Aylla Manuella Ribeiro da Piedade descansava em um quarto da residência, no fim da tarde de sábado (25), quando um artefato explosivo foi jogado no local, atingindo o colchão em que ela estava. Câmeras de segurança flagram um adolescente jogando o objeto na residência. As informações são do G1.

O suspeito foi identificado e tem 14 anos e, conforme as informações do boletim de ocorrência, teve a própria casa incendiada por moradores revoltados com a morte da menina. 

No vídeo, registrado pelo circuito de vigilância de uma residência vizinha, é possível observar o jovem, que está acompanhando de outras pessoas, acendendo o artefato e jogando na residência. Em seguida, os residentes saem do local desesperados. Um homem carrega a criança no colo.

A hipótese é que o explosivo tenha passado por cima do muro do imóvel, entrado no quarto e parado no colchão onde a garota dormia.

A menina foi encaminhada para a Santa Casa da cidade, onde ficou internada, indo a óbito às 2h55 desse domingo. Ela deve ser sepultada em Primavera, Pará, cidade natal da família.

O caso foi registrado como ato infracional de lesão corporal culposa pela Polícia Civil e será investigado pelo 1º Distrito Policial da cidade.

       
Curta nossa página!
   
Envie sua notícia, clique na imagem!