Acusado.

Tudo teve início no dia 21/12/2021, quando durante uma festa na cidade de Ararendá, foi furtada a motocicleta placa: OCG 1109, Honda/CG  125 FAN kS,  preta, Ano 2011/12, veículo este de propriedade do senhor:  José Filho,residente na localidade de Cabelo do Negro – Ararendá.

Prisão do acusado

Nesta quinta feira 23/12/2021,  por volta das 08h30min os policiais militares subtenente S.Neto e Cabo Magalhães foram  acionados pela pessoa de : José Filho (vítima)  dando conta que sua moto de placa  OCG 1109 que teria sido furtada no dia 21/12 2021, havia avistado a  mesma em posse do acusado de nome: Francisco Bernardo Pinto, Vulgo “Cú Duro”, natural de  Nova Russas, residente em Ararendá,  que estava armado com uma faca e ameaçou a vítima,  o acusado em seguida se evadiu se escondendo na garagem da casa do senhor Badu, na localidade de Angola – Ararendá.

O policiamento foi até o local e verificou a veracidade do fato o acusado foi chamado para fora da garagem e o mesmo se entregou quando foi dada a voz de prisão e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Novo Oriente para ser apresentado a Autoridade policial para a realização dos procedimentos cabíveis.

Detalhes:  o acusado “Cú Duro”, se encontrava na localidade de Angola, empurrando a motocicleta em busca de uma oficina para mandar concertar o veículo, quando populares perceberam que a motocicleta seria a mesma que havia sido furtada durante a festa do dia 21, moradores correram atrás do elemento, mais o mesmo conseguiu se esconder dentro da garagem, porém a sorte foi que a polícia militar chegou a tempo de evitar que o indivíduo fosse espancado (ou até linchado).

Outro detalhe que chamou atenção foi quando os PMs chegaram no local, o Subtenente S.Neto já sabendo de quem se tratava, chamou o acusado na porta da garagem pedindo que o mesmo saísse pois a polícia estava ali para prende-lo, mais mesmo assim o Acusado insistia em não atender a ordem do policial, foi quando o subtenente S.Neto disse” Cú Duro saia daí aqui é a polícia, e se você não sair nós vamos chamar a Força Tática”, foi quando Cú Duro gritou dizendo que não precisava chamar a Força Tática, pois ele já estava saindo, e de imediato o elemento saiu de dentro da garagem sendo preso em seguida.

 

 

 

Nordeste Notícia com informações do repórter Gonçalinho Rodrigues

 

       
Curta nossa página!
   
Envie sua notícia, clique na imagem!