Angel Alberto era comerciante e foi preso após a Polícia Federal encontrar os entorpecentes na aeronave em que era passageiro.Angel Alberto era comerciante e foi preso após a Polícia Federal encontrar os entorpecentes na aeronave em que era passageiro.

O piloto turco Veli Demir, preso em Fortaleza no início de agosto em um jatinho que transportava cerca de uma tonelada de cocaína, foi solto e vai cumprir medidas cautelares por decisão do Juízo Federal da 11ª Vara do Ceará. Demir estava em prisão preventiva desde a apreensão da droga, que tinha como destino a Bélgica.
A decisão judicial desta quarta-feira (10) levou em consideração que o Ministério Público Federal não vai oferecer denúncia contra o piloto. “(…) os esclarecimentos prestados por Veli Demir e pela empresa não afastam completamente as suspeitas. Mas o fato é que, por ora, o MPF não tem (além dessas suspeitas) elementos concretos para oferecer denúncia contra algum dos representantes da empresa ACM Air, e muito menos contra Veli Demir, que era apenas o piloto da empresa”.

A ACM Air nega qualquer envolvimento no crime.

Apesar do habeas corpus, o piloto precisar cumprir medidas cautelares. Dentre elas, estão o comparecimento mensal em juízo enquanto as investigações não forem concluídas. Está proibido, ainda, de sair de Fortaleza e do país. O passaporte do turco vai ser retido.

Os advogados Nestor Santiago e João Henrique de Andrade, que representam o piloto, afirmaram que “desde o início afirmaram que o Sr. Veli Demir é inocente. Embora a decisão não analise este fato, é importante destacar que o próprio Ministério Público Federal não via motivos para apresentar uma acusação contra ele, muito menos mantê-lo preso”.

O comerciante espanhol Angel Alberto Gonzalez Valdes que também estava no jatinho morreu no fim outubro deste ano no Hospital Penal Professor Otávio Lobo (HSPOL), em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza.

       
Curta nossa página!
   
Envie sua notícia, clique na imagem!