O prazo definido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TER-CE) para cadastrar a biometria em Fortaleza e evitar o cancelamento do título terminou nesta sexta-feira (29). Mas quem não conseguiu realizar o procedimento pode procurar um dos postos de atendimento do tribunal a partir de quarta-feira (4) para regularizar a situação.

Segundo o TRE, mais de cinco milhões de eleitores estão com biometria no estado, o que representa 91,4% do eleitorado de 6.436.956 cidadãos. Todos os municípios cearenses concluíram o cadastramento biométrico.

PUBLICIDADE

Eleitores denunciam venda de senhas por R$ 200 em mutirão de cadastramento biométrico do TRE em Fortaleza

Eleitores formam longa fila para cadastrar biometria em Fortaleza — Foto: Foto: Marina Alves

O eleitor que tiver o título cancelado pode reverter a situação até de maio de 2020, garantindo, assim, o direito de votar nas eleições do próximo ano. Após essa data, o serviço do TRE se restringe à emissão de segunda via, portanto todas as outras regularizações ficam suspensas.

Título cancelado
Quem tem o título cancelado pode ter prejuízos como não conseguir efetuar inscrição em concurso para função pública; no caso de ser servidor público, não receber salário; não obter passaporte, carteira de identidade ou empréstimos, entre outros consequências.

Nordeste Noticia
Fonte: G1

Comente com Facebook