Umbanda – fonte: internet

ORIGEM
Uma religião genuinamente brasileira e de matriz africana, a Umbanda surgiu no subúrbio do Rio de Janeiro no ano de 1908 onde, o então garoto de 17 anos, Zélio Fernandino de Moraes, teria incorporado o Caboclo das Sete Encruzilhadas em uma sessão espírita. No dia seguinte ao de sua primeira manifestação, 16 de novembro de 1908, o Caboclo das Sete Encruzilhadas voltou a incorporar Zélio de Moraes. Dessa vez, para traçar as diretrizes da nova religião que se espalhou pelo Brasil e outros países da América Latina.
Mesmo sendo um estado laico, religiões de matrizes africanas ainda são alvos de discriminação e intolerância. De acordo o Pai de Santo, Marcelo Martins, “muitas pessoas confundem a Umbanda que é cultua o bem e o amor ao próximo, com a segmentação Quibamda, que é fazer despachos, trabalhos em meio de estrada e afins”, afirma.

Umbanda na região do Sertão de Crateús

Pai Marcelo Martins
PUBLICIDADE

Pai Marcelo mantém Centros de Umbanda regidos pelo Príncipe Gerson em Ipueiras, Ipu, Nova Russas, como também nas localidades de Cacimba Nova e Conceição, somando assim mais de 80 médiuns que juntos trabalham e recebem cerca de 100 visitantes por semana, que buscam acompanhamentos, conselhos, consultas sobre vida amorosa, financeira, dentre outras. Como é baseada na caridade, nada disso é cobrado e também não há restrições para participar. Quem precisa de ajuda é atendido.
Natural de Nova Russas e de origem humilde, Pai Marcelo, 31, pontua as dificuldades pessoais e do grupo para manter viva e atuante a religião. O apoio e acolhida das famílias das regiões onde trabalha é primordial para que a Umbanda continue sua benfeitoria, agregue ao serviço da caridade e perpetue em seu manto de ancestralidade. Sobre o preconceito Pai Marcelo convida que “venha conhecer antes de criticar ou apontar, venha conhecer, pois nosso Deus é um só”, afirma.

SINCRETISMO RELIGIOSO
O termo é bastante usado no trato sobre religiões afro-brasileiras. Significa a miscigenação, a mistura e conciliação dos princípios, crenças ou doutrinas de diversas práticas religiosas.
A Umbanda, por não ser uma religião engessada, recebeu diversas influências, sendo a junção de elementos religiosos africanos, indígenas, espíritas e católicos.
Veja os principais santos na Umbanda:
• Oxalá – Jesus Cristo
• Oiá – Santa Clara
• Oxum – Nossa Senhora Aparecida
• Oxumaré – São Bartolomeu
• Oxóssi – São Sebastião
• Obá – Santa Joana D’Arc
• Xangô – São Jerônimo
• Ogum – São Jorge
• Iansã – Santa Bárbara
• Obaluaê – São Lázaro
• Omulú – São Roque
• Iemanjá – Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora dos Navegantes
• Nanã – Santa Ana

Nordeste Notícia com conteúdo do Repórter Pedro Emmy

Comente com Facebook