Quatro pessoas foram presas e cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos na segunda fase da Operação Labirinto, deflagrada nesta quarta-feira (12) em Fortaleza e também nas cidades de Baturité, Capistrano e Itapiúna. Além disso, mais de R$ 4 milhões em bens foram confiscados pela Polícia Civil do Ceará na operação.

Segundo a polícia, foram recuperados documentos, oito veículos, oito empresas, um apartamento, um terreno situado em um condomínio de luxo e uma carta de crédito no valor de 400 mil reais, totalizando mais de R$ 4 milhões.

PUBLICIDADE

A operação é resultado de investigações dos policiais da Delegacia Municipal de Quixeramobim, com apoio da Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), sobre o envolvimento de integrantes de uma organização criminosa com o tráfico de drogas e outras práticas ilícitas na região do Sertão Central.

1ª fase da Operação Labirinto

Em abril deste ano, a Polícia Civil havia deflagrado a 1ª Fase da Operação Labirinto, que cumpriu mandados de busca e apreensão e de prisão contra suspeitos de integrar uma organização criminosa que atuava em municípios do Sertão Central. Foram cumpridos mais de 80 mandados de prisão, além de 53 mandados de busca e apreensão.

Nordeste Notícia
Font: G1

Comente com Facebook