Ainda e de grande repercussão o sequestro seguido de execução contra o comerciante:. Marcos Vinicius Bezerra Mourão, o Marquinhos filho do ex vereador Mourão Neto do município de Ipueiras.

Marquinhos tinha 34 anos, residia atualmente em Fortaleza, porém se encontrava visitando seus pais na localidade de Mirador – Ipueiras, quando já manhã desta quarta feira 19/06/2019, bandidos armados de pistolas invadiram a residência do ex vereador e sequestraram Marquinhos, que horas depois foi encontrado morto na localidade de Linhares já no município de Nova Russas.
Com exclusividade o policial militar SD Chagas do destacamento policial de Ipueiras, concedeu entrevista a nossa reportagem e contou com detalhes como tudo aconteceu.
Confira a entrevista com o policial militar:
SD Chagas:  Era por volta do meio-dia quando o pai da vítima, o ex vereador conhecido na cidade como Mourão Neto ele foi pessoalmente até onde estava a viatura e nos relatou que a uma hora atrás alguns elementos em um Corolla e armados de pistolas teriam sequestrado o filho do mesmo, colocaram ele no carro e teriam o levado de dentro de casa onde o mesmo estaria dormindo na hora que foi abordado pelos elementos, e o pai estaria do lado da vítima, Ele a  vítima estaria dormindo, foi quando de repente eles foram surpreendidos por estes elementos que colocaram a vítima dentro do carro e o levaram.

O ex vereador só foi nos relatar isso a uma hora depois do fato ocorrido por conta de que os elementos teriam falado que eram policiais federais e que logo estariam trazendo a vítima de volta.
Daí o pai da vítima explicou o por que de tanta demora para ter procurado a polícia.
Daí então logo em seguida, cerca de 5 minutos depois nós já fomos informados que teria um corpo na localidade de Linhares que fica na CE 187 que liga Ipueiras a Nova Russas, e nós de pronto fomos até o local para averiguar se realmente se tratava da mesma pessoa, e quando chegamos ao local encontramos já o corpo do Rapaz e infelizmente tivemos que dar essa notícia triste para a família.
Repórter:.  Que horas exata a vítima foi sequestrada?
SD Chagas:. Foi entre às 10h30min e às 11:00h da manhã, foi o horário que o pai dele nos repassou.
Repórter:. E a PM só foi Tomar conhecimento do sequestro uma hora depois?.
SD Chagas:. Exatamente, foi quando o pai dele viu que o filho não iria volta, e foi procurar a polícia pessoalmente, nem ligar ele ligou, ele foi pessoalmente pedir ajuda que teria acontecido isso .
Repórter:. No momento do sequestro, a vítima estava onde?
SD Chagas:. A vítima estava residindo em Fortaleza ultimamente e veio a passeio e estava na casa do pai na localidade de Mirador.
O pai dele nos relatou que a vítima havia  Saído na noite anterior e teria retornado para casa por volta das 7:00h da manhã, chegou em casa tirou a roupa e foi dormir e em seguida já foi surpreendido  por esses elementos invadindo a residência.
Repórter:. Qual a distância da localidade de Mirador para a sede de Ipueiras?
SD Chagas:. É aproximadamente entre 7 a 8 KM de carroçal, é muito próximo a sede.
Repórter:. Quantos elementos chegaram na residência onde se encontrava a vítima?.
SD Chagas:. Segundo o pai da vítima, foram 4 elementos, sendo que um ficou no volante , outro teve uma conversa com o ex vereador falando que era polícial federal que iriam levar o rapaz”vítima” mais que iriam trazer de volta, enquanto os outros dois colocavam a vítima dentro do carro.
Repórter:. Eram quantos veículos?.
SD Chagas:. Segundo o ex vereador nos relatou que era apenas um carro Corolla de cor cinza escuro, que teria ficado fora da residência com o motorista já aguardando, enquanto os outros três elementos invadiram a residência.
Repórter:. Os indivíduos estavam de cara limpa ou encapuzados?.
SD Chagas:. Eles estavam de cara limpa, eles chegaram de cara limpa, fizeram a abordagem e  levaram a vítima.
Repórter:. O ex vereador chegou a relatar se reconhece os elementos caso o mesmo chegue a vê-los novamente?
SD Chagas:. Ele falou que teve contato com um dos criminosos diretamente, que chegou a falar cara a cara com um dos elementos, e o outro ele lembra vagamente.
Então dois dos quatro indivíduos, o pai da vítima chegou a visualizar.
Repórter:. Qual o tipo de vestimenta que os criminosos estavam usando?
SD Chagas:. Eles estavam a paisana, ou seja, usando roupas normais mesmo.
Repórter:. No momento do sequestro, quem mais estava no local além da vítima?
SD Chagas:. Estavam a vítima, o pai da vítima e mais três pessoas que são funcionários do ex vereador.
Repórter:. Como reagiram os elementos no momento que chegaram na casa para sequestrarem a vítima?
SD Chagas:. Normal. Um dos criminosos ficou conversando com o ex vereador enquanto os outros colocavam o Marquinhos para dentro do veículo. E logo que conseguiram colocar a vítima dentro do veículo, eles simplesmente entraram no carro e foram embora com destino a cidade de Ipueiras.
Mais a nem um momento os elementos foram agressivos com as pessoas que estavam na residência, não.
Repórter:. O ex vereador chegou a relatar se o filho vinha sofrendo algum tipo de ameaça?
SD Chagas:  Não.  Pelo contrário, ele nos relatou que o seu filho não tinha dívidas e nem teria inimigos.
Repórter:. No local onde o corpo foi encontrado, a polícia acredita que a vítima foi morta no local, ou o corpo foi desovado no local?
SD Chagas:. Não, não. A vítima foi morta lá mesmo no local onde o corpo estava.
Pelo levantamento preliminar da perícia, tudo indica que a vítima foi colocada pra fora do veículo, foi colocado de joelhos e foi executado.
Repórter:. A vítima apresentava marcas de tiros em qual parte do corpo?
SD Chagas:. O perito do IML colheu duas cápsulas de ponto 40, no qual condiz com dois disparos efetuados diretamente na cabeça da vítima, por trás.
Repórter:. Os elementos chegaram a levar algum pertence da vítima?
SD Chagas:. Não. Da vítima não levaram nada.
Os elementos levaram apenas um aparelho celular de um dos funcionários que estava na casa no momento que o Marquinhos foi sequestrado.
Ainda segundo o PM Chagas, no momento do fato, como a informação do sequestro da vítima  já foi repassado muito tarde para a polícia, ficou um pouco inviável para a polícia fazer o cerco, pois devido a demora que a família levou pra informar a polícia, teria dado tempo para os criminosos fugirem , mais mesmo assim foi feito o cerco por parte das polícias militar de Ipueiras, Nova Russas, Ipú e Hidrolândia, mais ninguém foi preso .
O SD Chagas ainda aproveitou para destacar o grande trabalho que a polícia militar da 2°Cia, em nome do comandante tenente Erivaldo vem realizando na região.
SEPULTAMENTO :
O corpo de Marquinhos foi liberado do IML de Sobral já na tarde desta quinta-feira (20/06), e chegou na cidade de Ipueiras aproximadamente por volta das 16h30min, sendo levado direto para a igreja matriz e em seguida para o cemitério da referida cidade onde foi sepultado.
A partir de agora a delegacia de polícia civil de Nova Russas, investiga o caso na tentativa de identificar a autoria do crime.
Nordeste Notícia com conteúdo do Repórter Gonçalinho Rodrigues

Comente com Facebook