Os vereadores da câmara municipal de Ipueiras realizaram a última sessão ordinária, na noite dessa quinta-feira (27). No período de julho a Casa de Leis paralisa os trabalhos legislativos, como as sessões ordinárias e as comissões permanentes do parlamento.

Na oportunidade, os vereadores aprovaram por unanimidade dois projetos indicados pelo prefeito Nenem do Cazuza (PDT) e apresentados pelo camarista Antonio Dandão (PDT).

O primeiro projeto de Lei nº 036/2019 a ser apreciado e aprovado pelos vereadores, denomina Clóvis Moreira Catunda o açude municipal intitulado popularmente de “Açude da Cadeia” localizado as margens da Avenida Gervásio Alves de Oliveira.

O homenageado Clóvis Moreira Catunda, nasceu no dia 13 de fevereiro de 1923, foi um prático-dentista, profissão que herdou do pai, servidor público de Institutos de Aposentados e Pensões – IAPs e empreendedor da cidade de Ipueiras – Ce.

O segundo projeto de Lei 037/2019 a ser analisado e acatado, denomina de Edmundo Bezerra de Medeiros o bairro Cidade Satélite localizado na sede do município de Ipueiras.

Edmundo Bezerra de Medeiros, nasceu em 27 de marco de 1914, na localidade de mirador. O agraciado foi escrevente de Cartório, correspondente do jornal O Povo, adjunto de promotor de justiça, presidente do diretório da ARENA, vereador e prefeito de Ipueiras, além de funcionário da secretaria da Agricultura do Ceará. Faleceu dia 12 de maio de 2005, aos 91 anos de idade.

Com o plenário Francisco Soares Mourão lotado, a sessão presidida pelo vereador Raimundinho do Charito (PSD), foi carregada de muita emoção e discursos enaltecendo os homenageados.

O prefeito Nenem do Cazuza (PDT) foi o último a discursar, citou a bravura e a importância dos agraciados. Nenem destacou o aprendizado e os conselhos recebidos pelos ilustres filhos de Ipueiras, Edmundo Medeiros e Clóvis Catunda.

Nordeste Notícia
Fonte:Blog Primeira coluna

Comente com Facebook