Duas escolas tiveram o teto das quadras esportivas arrancados pela ventania que atingiu Jaguaribe. — Foto: Arquivo pessoal

Um temporal carregado por ventos de até 78,8 km/h que atingiu a cidade de Jaguaribe, no interior do Ceará, na tarde deste domingo (20), causou um prejuízo de cerca de R$ 150 mil, segundo a prefeitura do município. O fenômeno durou cerca de 40 minutos, tempo suficiente para danificar prédios, mais de 100 casas, além de equipamentos públicos.

Segundo o secretário da Cidade e Infraestrutura de Jaguaribe, Geraldo Targino, uma força-tarefa composta por profissionais da limpeza e técnicos de infraestrutura está realizando trabalho de remoção dos escombros.

PUBLICIDADE

“Também estamos com máquinas para retirada de materiais. Tudo para melhorar a situação dos moradores”, relata. Apesar do susto e perdas materiais, não há evidências de feridos, conforme Targino.

A moradora do Centro da cidade, Francinete Alves, conta que a ventania “parecia coisa de filme”.

“Uma tarde de terror muito grande. A gente pensava até que não ia ter vida, foi de uma hora para a outra. O tempo estava limpo, com sol, aí fechou um pouco, mas não foi com tanta chuva. Foi muito vento”, comenta. Na hora do ocorrido, a dona de casa se abrigou nos fundos da residência, onde, segundo ela, era mais seguro. “Eu fiquei lá nos fundos por ter dois cômodos forrados, então, eu fiquei lá e, aqui (garagem), abandonei”, lembra.

Francinete Alves diz, ainda, que os maiores prejuízos foram da parte de cima da residência. A mulher, que tem pressão alta, diz que o que restou foi limpar a área e retirar os destroços.

“Quebrou na faixa de umas 500 telhas aqui na garagem, lá nos fundos umas 100. No total, então, houve uma perda de umas 600 telhas, mas graças a Deus foi só material”, afirma.

Previsão

Segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a rajada pode ser designada como ventania forte, de acordo com a Escala de Beaufort, que classifica a intensidade dos ventos.

O fenômeno pode causar danos em árvores e construções, além de mar revolto de até 9 metros. Ainda segundo o órgão, “o maior acumulado de chuva informado em Jaguaribe, no que se refere ao intervalo entre as 7h de ontem e as 7h desta segunda-feira (21), foi de 19,5 milímetros”.

Nordeste Notícia
Fonte: SVM

Comente com Facebook