Uma mulher suspeita de agredir a própria tia de 70 anos foi presa no município de Icó, na Região Centro-Sul do Ceará, nesta quinta-feira (10). A sobrinha, de 30 anos, continuava morando na casa da vítima, mesmo sendo impedida por uma medida protetiva.

Policiais da Delegacia da Defesa da Mulher (DDM) efetuaram a prisão da suspeita após descobrirem que ela estava desrespeitando a medida protetiva da idosa.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), um exame de corpo de delito confirmou a lesão corporal. Depois disso, a medida foi concedida.

A Pasta não informou, no entanto, há quanto tempo as agressões aconteciam e nem quando a medida protetiva foi concedida para a idosa, até a prisão da sobrinha.

Nordeste Noticia
Fonte: G1

Comente com Facebook