Polícia apreendeu com homem preso em Fortaleza livros com temáticas de apologia ao nazismo, dois aparelhos celulares contendo imagens e um notebook. — Foto: Divulgação/SSPDS
Polícia apreendeu com homem preso em Fortaleza livros com temáticas de apologia ao nazismo, dois aparelhos celulares contendo imagens e um notebook. — Foto: Divulgação/SSPDS

Um cearense foi preso nesta terça-feira (14), no Bairro Mondubim, em Fortaleza, por suspeita de participação em grupos neonazistas e extremistas. Com ele, os policiais civis apreenderam livros com temáticas de apologia ao nazismo, dois aparelhos celulares contendo imagens e um notebook.

A ação que levou a prisão na capital cearense fez parte da Operação Accelerare III, com foco em prender homens e mulheres envolvidos em crimes de ódio. A ofensiva, coordenada pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul (PCRS), ocorreu, simultaneamente, nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, e no Ceará.

A terceira fase da Operação teve início em maio deste ano, quando equipes da PCRS tomaram conhecimento da existência de diversos grupos neonazistas e extremistas no Rio Grande do Sul. Com a troca de informações entre os policiais civis dos estados, os investigadores identificaram a participação do cearense André Ramos Marques, de 30 anos, sem antecedentes criminais, como um dos envolvidos nesta prática criminosa.

André foi alvo de um mandado de prisão preventiva pelos crimes de associação criminosa, corrupção de menores e fabricação, comercialização, veiculação, divulgação de símbolos para fins de divulgação do nazismo, expedido pela 8° Vara Criminal do RS.

O homem foi conduzido à Delegacia de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou Orientação Sexual (Decrin) e está à disposição do Poder Judiciário.

g1

Comentários
   
Clique para entrar em contato.
 
Ajude-nos a crescer ainda mais curtindo nossa página!
   
Clique na imagem para enviar sua notícia!