Um incêndio consome a vegetação de um terreno na entrada da cidade de Orós, no sertão cearense, na noite desta quarta-feira (29). O fogo se espalhou próximo a um posto de combustível.

Às 22h, o Corpo de Bombeiros ainda estava no local e o fogo prestes a ser debelado. “Inicialmente havia muito fogo, muitos focos, vento muito forte, mas agora [por volta das 22h] a situação está praticamente sob controle. Depois que for debelado, faremos uma vistoria final e um rescaldo, para fazer uma avaliação”, disse o tenente-coronel Nijair Araújo, comandante do 4º Batalhão de Bombeiros Militares.

Incêndio atinge área de vegetação em Orós, no interior do Ceará.  — Foto: Arquivo pessoal
PUBLICIDADE

Incêndio atinge área de vegetação em Orós, no interior do Ceará. — Foto: Arquivo pessoal

Os bombeiros acreditam que trata-se de mais um incêndio provocado pela ação humana, de forma criminosa, mas não havia denúncia ou informações sobre quem começou o fogo.

Este é o segundo incêndio registrado na cidade nos últimos quatro dias. No domingo (26), o fogo atingiu também a vegetação próximo a um hotel desativado.

Estado de emergência

O governador do Ceará, Camilo Santana, decretou estado de emergência ambiental pelo risco incêndios florestais e queimadas no segundo semestre do ano. A medida foi tomada pela primeira vez na história e fica válida até janeiro de 2021. Geralmente, a medida ocorre para outras adversidades, como escassez hídrica ou inundações.

Com a decisão, a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) pode contratar brigadistas ambientais para atuação nas 28 unidades de conservação estaduais. As previsões de períodos mais críticos se dão, normalmente, através de portarias do Ministério do Meio Ambiente (MMA) ou decretos federais.

Neste cenário, o decreto estadual potencializa ações estabelecidas em 16 de julho, em nível federal, em determinação que proíbe o uso do fogo em áreas rurais por um período de 120 dias. Em 2019, o decreto foi publicado no fim de agosto com duração de 60 dias. Neste ano, a medida foi decretada em julho, com o dobro do tempo.

Comente com Facebook