Mais de 230 mil cearenses recebem 1º lote de restituição do Imposto de Renda — Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Mais de R$ 57,5 milhões de reais serão creditados nas contas de 230 mil cearenses na sexta-feira (29), segundo informações da Receita Federal. O valor corresponde ao 1º lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física – a consulta está disponível desde o dia 22 de maio, no site da Receita.

Devido à pandemia do novo coronavírus, o período de declaração do IRPF foi prorrogado, o que mudou também os dias estabelecidos para as restituições.

PUBLICIDADE

Até às 17h desta segunda, 328.213 contribuintes residentes no Ceará haviam transmitido suas declarações, cerca de 50% do total esperado de 650 mil declarações. Os contribuintes têm até o fim de junho para enviar as informações ao Fisco.

O crédito costumava ser efetuado sempre no dia 15 de cada mês, ou no próximo dia útil. A partir de maio de 2020, os lotes serão pagos sempre no último dia útil do mês.

O pagamento do primeiro lote contemplará contribuintes com prioridade legal – idosos, portadores de deficiência física ou mental ou de moléstia grave e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

A restituição ficará disponível no banco durante o período de um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet, no formulário eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição (Peres), ou diretamente no e-CAC, no serviço “extrato de processamento da DIRPF”.

Para saber se teve a restituição liberada, o contribuinte deve acessar o site da Receita ou baixar o aplicativo “Pessoa Física”, que permite a consulta da restituição ou, ainda, telefonar para o Receitafone 146.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento (4004-0001 capitais) (0800-729-0001 demais localidades), (0800-729-0088 deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome e em qualquer banco.

Nordeste Notícia
Fonte: SVM

Comente com Facebook