O ex-presidente foi preso em abril de 2018, condenado a uma pena de 12 anos e um mês de prisão no caso do apartamento triplex num condomínio de Guarujá (SP)Foto: AFP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, atualmente preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba (PR), será transferido para o presídio Tremembé, no interior de São Paulo. A decisão foi publicada no sistema da Justiça Federal do Paraná na manhã desta quarta-feira (7).

A autorização para a transferência é da juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução penal de Lula. As informações são do portal G1.

PUBLICIDADE

O ex-presidente Lula deverá ficar numa Sala de Estado Maior, em local a ser disponibilizado pelas Forças Armadas. A decisão depende do Ministério da Defesa.

O pedido de transferência foi feito pela Superintendência Regional da Polícia Federal no Paraná, alegando que a detenção de Lula no local exige uma atuação mais constante para evitar confrontos entre “grupos antagônicos”, o que também alterou a rotina da região. Além disso, a PF afirma que as instalações não são adequadas a presos de longa permanência.

O ex-presidente foi preso em abril de 2018, condenado a uma pena de 12 anos e um mês de prisão no caso do apartamento triplex num condomínio de Guarujá (SP).

Nordeste Notícia
Fonte: AFP/G1

Comente com Facebook