Ceará deve receber chuva em todas as regiões nesta segunda, prevê Funceme
Ceará deve receber chuva em todas as regiões nesta segunda, prevê Funceme

O Ceará deve ter chuvas em todas as regiões nesta segunda-feira (27), segundo previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). De acordo com o órgão, as maiores precipitações devem ocorrer nas Regiões do Cariri, Sertão Central e Inhamuns e nos litorais de Fortaleza e Pecém.

A Funceme afirmou que as chuvas ocorrem em virtude de áreas de instabilidade, bem como em razão de efeitos locais, como temperatura, relevo e umidade.

A previsão para terça-feira (28), a previsão é de céu variando de parcialmente nublado a poucas nuvens em todas as macrorregiões com baixa possibilidade de chuva na faixa litorânea e no Cariri. E para quarta-feira (29), céu variando de parcialmente nublado a poucas nuvens em todas as macrorregiões com baixa possibilidade de chuva na faixa litorânea.

Tempo nublado na Vila São Sebastião na cidade de Brejo Santo, na Região do Cariri. — Foto: Francisco Sávio
Tempo nublado na Vila São Sebastião na cidade de Brejo Santo, na Região do Cariri. — Foto: Francisco Sávio

Pré-estação chuvosa

 

Os meses de dezembro e janeiro marcam a pré-estação chuvosa no Ceará. Como o nome sugere, ela antecede o principal período de chuvas no Estado, que vai de fevereiro a maio. A previsão é de poucas chuvas no início desse período. (Confira a previsão completa abaixo).

De acordo com dados da Funceme, a média para o bimestre é de 130,3 milímetros, sendo 31,6 mm correspondentes às chuvas em dezembro e 98,7 mm, em janeiro. A qualidade das precipitações nesta época não tem relação com o resultado dos meses seguintes, como explica a gerente de Meteorologia da Funceme, Meiry Sakamoto.

“Uma boa pré-estação chuvosa não significa necessariamente uma boa estação chuvosa. Um exemplo recente. Janeiro de 2016. Muita chuva aqui no Ceará. Isso é um exemplo que chuva em pré-estação não significa necessariamente uma boa estação chuvosa”, afirmou.

 

Entre o fim e o começo no ano, as precipitações costumam ser decorrentes da influência de frentes frias que alcançam o Estado da Bahia e provocam formação de áreas de instabilidade e nuvens de chuva, principalmente, no sul do Ceará, por isso, as chuvas no Cariri costumam iniciar no mês de dezembro.

Além das frentes frias, o período também é caracterizado pela atuação dos Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis (VCANs) e dos Cavados de Altos Níveis (CANs), que dependendo do seu posicionamento provocam chuvas no Ceará.

“São as primeiras chuvas que antecedem a estação chuvosa principal que começa em fevereiro. A pré-estação chuvosa para nós significa dezembro e janeiro. Começa pela Região do Cariri do Ceará. As chuvas deste período elas são provocadas por vórtice ciclônicos de altos níveis e também presenças de frente fria”.

 

Durante a quadra chuvosa, o principal sistema indutor de chuvas no Ceará é a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). A ZCIT são nuvens que circundam a faixa equatorial do globo terrestre, formada principalmente pela confluência dos ventos alísios do Hemisfério Norte com os ventos alísios do Hemisfério Sul.

Nordeste Notícia
Fonte: SVM

       
Curta nossa página!
   
Envie sua notícia, clique na imagem!