Uma mulher foi presa nos EUA por matar as 3 filhas enquanto o marido estava no trabalho. Lura é pediatra e o marido Didi é ortopedista. A família havia se mudado para outro país para começar uma nova vida, já que precisou ficar isolada em um quarto de hotel por 40 dias por causa da pandemia.

Quando finalmente foram para casa, didi saiu para trabalhar e deixou a esposa com as filhas gêmeas, Maya e Karla de 2 anos, e a mais velha Liane de 6 anos.

Quando o médico voltou para casa, por volta das 22h, ele encontrou Laura ao lado do corpo das 3 crianças, mortas por estrangulamento. A polícia ainda tenta descobrir o que teria motivado crime.

 

 

       
Curta nossa página!
   
Envie sua notícia, clique na imagem!