Por 40 votos a favor e 33 contrários, o Senado aprovou na noite desta quinta-feira (15) o aumento do valor a ser repassado ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha, conhecido como fundo eleitoral. O novo valor passa dos atuais R$ 2 bilhões para R$ 5,3 bilhões.

 (Foto: )
Foto:

Dos três senadores cearenses, Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos) votaram contra a proposta, enquanto Cid Gomes (PDT) se posicionou a favor.

Somente Eduardo Girão comentou sobre a votação ao apontar o aumento como “indecente e imoral”.

Senadores que votaram igual a Cid Gomes alegaram que o novo valor proporciona uma eleição mais democrática, pois haverá maiores recursos para candidatos pobres.

   
Curta nossa página!
   
Envie sua notícia, clique na imagem!