No último dia 09 de abril o Juiz da comarca de Ipueiras, Dr. Frederico Costa Bezerra, tornou nula a realização da assembleia extraordinária que elegeu a nova presidência do Consórcio, que foi realizada no final de 2020.
A ação foi movida pela Procuradoria Geral do Município de Nova Russas, ente consorciado do CPMRSRSC e contestava a Assembleia extraordinária que elegeu a atual presidente do Consórcio e prefeita de Hidrolândia, Iris Martins.

Na decisão, o juiz julgou que, a eleição descumpriu o Estatuto do Consórcio, uma vez que dificultou a transparência da eleição e não poderia ser realizada com a participação de prefeitos derrotados nas eleições de 2018. A decisão ainda considera a violação do princípio da publicidade uma vez que o termo usado no edital de convocação é “Avaliar a realização da eleição” e não “realizar a eleição”.

O Consórcio de Resíduos Sólidos tem sua sede em Ipueiras e é formado por oito municípios: Ipueiras, Ipu, Hidrolândia, Catunda, Monsenhor Tabosa, Tamboril, Nova Russas e Poranga.

Com a decisão, haverá outra eleição.

Comente com Facebook

Clique na imagem!