Legenda: Os policias encontraram em posse de Luciano “Farmácia” um veículo de luxo preto. Segundo as investigações, o carro estava sendo pago a prestações no valor de até R$ 5 mil cada
Foto: divulgação / Polícia Civil

O chefe de uma organização criminosa foi preso, nesta segunda-feira (1º), em Mossoró, no Rio Grande do Norte, na terceira fase da operação Quinto Mandamento, deflagrada na última sexta-feira (26) pela Polícia Civil através do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e com o apoio da Polícia Militar.

Conforme as investigações, o homem identificado como Luciano “Farmácia” coordenava as ações da organização nos bairros Bonsucesso e João XXIII, em Fortaleza. O homem se autointitulava como “conselheiro regional” e, segundo a Polícia Civil, era o responsável por todas as decisões da facção na localidade e pelas ordens de assassinatos cometidos pelos membros.

PUBLICIDADE

De acordo com a Polícia, além de Luciano, outros dois homens também foram presos na operação. Identificados como Nícolas e Jaziel, conhecido como “Lourão”, eles estariam envolvidos no homicídio de um homem. Segundo as informações das forças de Segurança, o crime teria sido realizado a mando de Luciano.

A operação Quinto Mandamento tem objetivo de capturar membros de organizações criminosas envolvidos em homicídios. No total, a ação já cumpriu 52 mandados de prisão dentro e fora do Ceará.

 

 

 

 

Nordeste Notícia
Fonte: Diário do Nordeste

Comente com Facebook

Clique na imagem!