Na tarde deste domingo (07) de fevereiro, uma mulher teve sua vida salva, depois de uma grande ação da polícia militar que conseguiu evitar mais um ‘feminicídio’ viesse a acontecer no município de Ipueiras.

Por volta das 16h a polícia local foi acionada composta pelo Subtenente Robério e Sargento Martins, com o apoio da viatura 7432 composta pelo Subtenente Sousa e cabo Wagner Chagas, foram acionados para atenderem uma ocorrência no Bairro São José onde um homem, estaria torturando sua esposa, chegando ao local os policiais se depararam com a vítima coberta de sangue, também foi relatado no momento que a mesma vinha sendo mantida em cárcere privado pelo acusado.

PUBLICIDADE

Quando o elemento por nome de ‘Adelson’ visualizou a chegada dos PMs, o mesmo armou-se com duas facas e partiu para cima da composição tentando contra a vida dos PMs, mais o Acusado conseguiu fugir correndo em direção a um matagal.

Os PMs iniciaram um perseguição e já dentro da mata, reagiu a prisão e partiu para a polícia vindo a lesionar o policial militar cabo Wagner Chagas com uma lesão na mão, sendo necessário os PMs efetuarem um disparo na perna do indivíduo no intuito de cessar a injusta agressão.

Mesmo lesionado o indivíduo ainda empreendeu fuga mais logo foi Preso pois este estava havia sido alvejado a bala.
Em seguida Adelson foi levado ao hospital local onde foi atendido pelo Médico plantonista onde recebeu os primeiros socorros e depois foi transferido para o hospital São Lucas em Crateús para uma melhor avaliação.

O Acusado trata-se do desocupado: Francisco Adelson

Já a vítima foi a dona de casa:. Maria Miriam.

Livramento: Quando os PMs chegaram na casa de Adelson, encontraram uma corda pendurada no teto de um dos quartos da residência onde o acusado havia colocado uma corda no teto onde tudo leva a crer, que o mesmo planejava matar a vítima e depois enforca-la para quem sabe simular um suicídio, mais graças a deus a polícia militar chegou a tempo e conseguiu evitar que a tragédia acontecesse.

 

 

 

 

Fonte: O regional

Comente com Facebook

Clique na imagem!