Eliza Adão de Melo, de 82 anos, morreu após ter o corpo incendiado por genro, em Limoeiro do Norte, Ceará. — Foto: Arquivo pessoal

A idosa de 82 anos que teve o corpo incendiado por genro para chamar a atenção da mulher em Limoeiro do Norte, no interior do Ceará, morreu na manhã desta segunda-feira (19). O homem estava sob efeito de bebida alcoólica e confessou o crime à polícia, segundo a Secretaria da Segurança Pública do Ceará (SSPDS).

O caso aconteceu no último domingo (18), no Bairro Doutor José Simões. De acordo com a SSPDS, Eliza Adão de Melo foi socorrida para uma unidade hospitalar, mas não resistiu aos ferimentos. O Corpo de Bombeiros esteve no local para conter as chamas que também atingiram partes da casa.

PUBLICIDADE

A SSPDS afirma que com a conclusão das investigações, a autoridade responsável poderá indiciar o suspeito por homicídio ou feminicídio, conforme os levantamentos realizados. Um inquérito policial foi instaurado enquanto Eliza ainda estava hospitalizada, e José Airton de Lima, de 55 anos, foi autuado nesta por tentativa de homicídio.

O caso é investigado pela Delegacia Municipal de Limoeiro do Norte.

Comente com Facebook