Hospital de campanha foi instalado dentro do Estádio Presidente Vargas para dar suporte no atendimento de pacientes com Covid-19. — Foto: Fabiane de Paula / SVM

O hospital de campanha construído para atender casos da Covid-19 no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, começará a ser desativado nesta segunda-feira (21). De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde de Fortaleza (SMS), o equipamento está desde o dia 1º agosto sem receber nenhum novo paciente.

A unidade hospitalar, erguida 25 dias de obras foi inaugurada em 18 de abril, quando recebeu os primeiros pacientes com coronavírus. Foram mais de 1,2 atendimentos realizados ao longo da pandemia.

PUBLICIDADE

Até a manhã deste sábado (19), 233.015 cearenses já foram diagnosticados com o SARS-CoV-2. Deste número, 206.721 estão recuperados e outros 8.799 não resistiram às complicações da doença. Nas últimas 24 horas, dois óbitos foram confirmados. A taxa de letalidade é de 3,8.

Hospital de Campanha do PV completa 3 meses
Hospital de Campanha do PV completa 3 meses

No primeiro mês de funcionamento, o a unidade atendeu 649 pacientes com a Covid-19. Do total, 403 enfermos receberam alta.

De acordo com a secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel, “o hospital de campanha do PV foi determinante para o êxito das ações de atendimento à população de Fortaleza, exatamente porque estava pronto no período em que a cidade mais precisou da ampliação dos serviços de saúde por causa da pandemia”.

Hospital de Campanha do PV está sem pacientes com covid-19
Hospital de Campanha do PV está sem pacientes com covid-19

Reestruturação

Em Fortaleza, a Rede Hospitalar Municipal passou por uma reestruturação que possibilitou a criação de 791 leitos específicos para atender aos diagnosticados com Covid-19. A unidade no estádio Presidente Vargas tem 280 leitos e contabilizou um total de 1.239 pacientes atendidos, registrando 1.025 casos com alta.

“Isso nos dá a segurança de que já podemos desativar o equipamento, quando verificamos os dados epidemiológicos e assistenciais na capital”, afirma a secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel.

Nordeste Notícia
Fonte: SVM

Comente com Facebook