O artesão quixeramobinense Antônio Rabelo é um dos agraciados com o troféu Sereia de Ouro, concedido a personagens cearenses que se sobressaem e contribuem para melhorar a realidade em que vivem com exemplos de superação e resiliência. A premiação é realizada pelo Grupo Edson Queiroz, detentor do Sistema Verdes Mares (SVM).

Devido à pandemia do novo coronavírus, não será realizada a entrega do troféu. Este ano, as histórias de vida de 50 cearenses serão contadas através mini documentários veiculados nos intervalos da programação dos veículos de comunicação do SVM e também de uma série de matérias.

PUBLICIDADE

Rabelo é o segundo quixeramobinense a ser agraciado com o troféu. O primeiro foi o arquiteto, compositor e cantor Fausto Nilo.

“Rabelo é uma personalidade ímpar, dono de uma criatividade e de uma cabeça inquieta, usa como matéria prima o rústico, o bruto, a aspereza da pedra, com o espinho na mão – feito lança, um punhal pequeno, espécie de estilete – delicadamente ele descortina com a sapiência de um alquimista todas as belezas do Sertão, de Quixeramobim”, destacou o escritor e professor quixeramobinense Bruno Paulino.

Confira o depoimento de Rabelo divulgado em vídeo pelo Grupo Edson Queiroz:

Repórter Ceará (Foto: Divulgação/Sesc)

 

Nordeste Notícia
Fonte: Repórter Ceará

Comente com Facebook