Nesta quinta-feira (30/07), por volta das 15h00min, na localidade de Barrinha, Zona Rural de Ipu-CE, a aproximadamente 8km da sede, populares acionaram o policiamento por conta de um achado de cadáver em um poço (tipo Cacimbão). Quando o policiamento chegou ao local constatou a veracidade das informações, sendo que o corpo era visível apenas os membros inferiores.

Prontamente o policiamento isolou o local e acionou o Corpo de Bombeiros de Crateús para a retirada do corpo de dentro do poço. Também foi acionada a Perícia Forense da cidade de Sobral para uma melhor análise da causa morte, tendo sido encaminhado o Rabecão 7058 composto pelo Mot: Moura e Auxiliar Lucas.

PUBLICIDADE

Por volta das 16h20min o corpo de bombeiros se fez presente no local sob o comando do ST BM Auricélio, que realizou um serviço de extrema valia e retirou o corpo da água. Esse corpo se encontrava com uma pedra grande que estava amarrada ao pescoço da vítima, prontamente o policiamento tentou identificar a vítima e após identifica-la como um homem que havia sido contratado com outro homem para prestar serviços agrícolas naquelas terras sendo ambos, forasteiros da cidade de Parambu-CE.

O policiamento ao realizar diligências no intuito de localizar ao outro homem de Parambu, esse homem ao saber das diligências se dirigiu ao policiamento juntamente com seu advogado e assumiu ter matado seu colega de serviço em uma briga através de uma chave de pescoço, essa briga segundo relata o suspeito foi no dia 22/07/2020 por volta das 21h00min, tendo o suspeito após matado amarrado uma corda no pescoço da vítima e a jogado no poço com o intuito de ocultar o crime.

O policiamento conduziu o suspeito juntamente com seu advogado até a delegacia plantonista de Tianguá por volta das 21h00min para a confecção dos procedimentos cabíveis junto ao delegado plantonista que irá deliberar qual será a melhor ação, ressaltamos que já havia passado o período de estado de flagrante. Suspeito: Franciélio Procópio de Araújo, solteiro, agricultor, nascido aos 22/02/1982, natural de Parambu, residente na localidade de Barrinha, Zona Rural de Ipú . Vítima: não possuía documento e foi apenas identificado pela alcunha de Elsin.

Fonte: Tony Sales

Comente com Facebook