transporte intermunicipal foi um dos primeiros setores paralisados no primeiro decreto, em 23 de março — Foto: Natinho Rodrigues

O transporte intermunicipal de passageiros será autorizado a retornar às atividades no Ceará a partir da próxima sexta-feira, dia 10 de julho, “com rigoroso protocolo sanitário” sendo exigido. A informação foi divulgada pelo governador Camilo Santana, neste sábado (4), durante anúncio do novo decreto de retomada da economia no Estado.

“O tempo da pandemia em cada região tem sido diferente. É obrigatório o uso da máscara e proibido aglomeração. É importante que as pessoas cumpram essas determinações para que a gente possa continuar avançando nas fases de abertura”, afirma Camilo.

PUBLICIDADE

O transporte intermunicipal foi um dos primeiros setores paralisados no primeiro decreto, em 23 de março, pela compreensão de que, com o início da pandemia em Fortaleza, havia o risco de disseminação para outras cidades do Interior.

Atualmente, a doença já chegou aos 184 municípios cearenses. O número de infecções por Covid-19 no Estado é de 120.852, com 6.397 mortes, conforme dados da plataforma IntegraSUS, atualizados pela Secretaria de Saúde.

No período de março a maio, o número de passageiros com embarque na Rodoviária de Fortaleza chegou a cair 70%, de acordo com a administradora do equipamento. As pessoas passaram a recorrer a aplicativos de transporte ou a caronas com familiares.

Novas regras

O Protocolo de Reabertura do Transporte Coletivo Público e Privado, elaborado pelo Governo do Estado, estabeleceu regras como a disponibilização de álcool em gel 70% aos passageiros e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) a todos os funcionários.

Além disso, os veículos devem ser desinfectados, no mínimo, três vezes ao dia: uma à noite, outra após o pico da manhã e outra antes do momento de maior demanda da tarde. Os ambientes também devem ser ventilados, com janelas abertas.

Fase 3

Calçadões, praças e espaços públicos já poderão ser usados a partir de segunda-feira em Fortaleza — Foto: Thiago Gadelha/SVM

O governador Camilo Santana anunciou neste sábado (4) que Fortaleza segue para a fase 3, com restrições em relação ao que era inicialmente previsto para esta etapa. Bares e barracas de praia não vão voltar a funcionar e restaurantes não podem abrir à noite – a abertura dessas atividades estava prevista inicialmente para essa fase. Veja como fica cada região:

  • A capital avança para a etapa 3
  • Demais cidades da macrorregião de Fortaleza avançam para a fase 2;
  • Macrorregião do Sertão Central, Litoral Leste/Jaguaribe avança para a fase 1;
  • Macrorregiões Norte e Cariri permanecem na fase de transição da economia. E seguem em isolamento social rígido as cidades de Juazeiro, Crato, Barbalha, Brejo Santo, Iguatu, Sobral e Tianguá;

O plano de retomada das atividades não essenciais tem um ciclo de transição e quatro fases. Cada fase dura 14 dias. Os municípios do Ceará estão em diferentes estágios em relação ao plano conforme a gravidade do cenário da doença, sendo a capital a cidade com maior nível de reabertura.

Na 3ª fase, as celebrações religiosas, que também já haviam sido retomadas, mas com 20% da capacidade do templo, agora podem passar a operar com 50%. As demais áreas que já estavam incluídas nas duas fases anteriores do plano de retomada, como as lojas de shopping, atingem 100% da capacidade nesta etapa. Ao todo, 13 cadeias da economia vão ser afetadas nesta etapa.

Calçadões, praças e espaços públicos já poderão ser usados a partir de segunda-feira, segundo o prefeito Roberto Cláudio, que também participou da live.

Os novos decretos, o estadual e o relativo à capital, devem ser publicados ainda neste sábado no diário oficial.

Veja a lista dos serviços que podem funcionar em Fortaleza:
Têxteis e roupas
Comunicação, Publicidade e editoração
Indústria e serviços de apoio
Artigos do lar
Cadeia agropecuária
Cadeia moveleira
Tecnologia da informação
Logística e transporte
Comércio e serviços de higiene e limpeza
Comércio de outros produtos

Nordeste Notícia
Fonte: G1

Comente com Facebook