A maratonista cearense Antônia Bernadete Lins da Silva, 43 anos, foi encontrada morta na manhã deste domingo (28), em Maranguape, região metropolitana de Fortaleza. De acordo com relato da irmã de Bernadete, a atleta havia saído para correr e, quando encontrada, foi levada às pressas para unidade de pronto atendimento da região. Segundo assistente social da UPA, Bernadete chegou por volta de 10h acompanhada de uma familiar, já em óbito. A causa da morte ainda não foi confirmada.

Nascida em Ipu, Bernadete iniciou trajetória no esporte jogando futsal. Em 2001, chegou à capital cearense e, no ano seguinte, estreou nas corridas de rua. Na carreira, conquistou inúmeros pódios e chegou a estar relacionada entre as dez melhores atletas do país no ranking da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) para as provas de 10.000m (10km), além de ter obtido destaque no Circuito Sul-Americano de Corridas de Rua.

Antônia Bernadete Lins da Silva, maratonista — Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Antônia Bernadete Lins da Silva, maratonista — Foto: Reprodução

O presidente da Federação Cearense de Atletismo (FCAt), Jerry Welton, lamentou a perda. “Uma fatalidade grande, Bernadete era uma das melhores atletas da história do Atletismo Cearense nas provas de fundo. Várias vezes campeão cearense e Norte Nordeste Adulto de atletismo. Inúmeras vezes campeã de provas no estado do Ceará e do Brasil. Uma pessoa muito boa é muito querida.”

Organizador de corridas de rua no estado do Ceará, Fernando Elpídio publicou nas redes sociais sobre o ocorrido. “Uma notícia de partir o coração. Bernadete Lins, atleta cearense profissional, faleceu hoje. Tenho um carinho especial por essa batalhadora, pessoa simples, humana, que dedicou a vida ao esporte. Não lembro de quantas vezes entreguei troféus nas suas mãos no pódio.”

Nordeste Noticia
Fonte: SVM

Comente com Facebook