Tianguá, na Serra da Ibiapaba, é um das cidades que vão ter de enfrentar medidas mais rígidas de isolamento a partir da semana que vem — Foto: PatuNews/Reprodução/Funceme

O Governador do Ceará Camilo Santana anunciou neste sábado (27) que mais cinco cidades vão estar em lockdown a partir de segunda-feira (29). Além de Sobral e Juazeiro do Norte, passam a ter de cumprir isolamento rígido as cidades de Iguatu, no Centro-Sul; Tianguá, na Região Norte e as vizinhas Crato, Barbalha e Brejo Santo.

Segundo o governador, a intenção do isolamento rígido nestas regiões é garantir um tempo maior para que possa haver a ampliação da rede de atendimento hospitalar no interior e permitir um tratamento mais eficaz aos casos mais graves de Covid-19.

PUBLICIDADE

“Vamos recomendar que todos os municípios ao redor de Tianguá possam adotar medidas mais rígidas. E faremos isso com as outras cidades ao redor desses outros municípios. O objetivo é diminuir o ritmo de avanço da doença e nos dar tempo para ampliar a rede de atendimento hospitalar”, afirmou Camilo.

Camilo também reforçou que, embora Fortaleza prossiga na segunda fase do plano de retomada econômica, é preciso que os cidadãos e as empresas permaneçam respeitando as normas de isolamento social.

“Fortaleza, que já está na primeira semana da segunda fase, continuará nessa etapa, que é a abertura de mais algumas atividades econômicas. Os números de Fortaleza continuam bem, mas já acende uma luz de alerta com relação à procura de equipamentos de saúde na Capital”, afirmou.

Vejam como ficam as fases por cidade/região:

  • Fortaleza segue na fase 2 como previsto
  • Região Metropolitana de Fortaleza continua na primeira fase
  • Demais regiões seguem na fase de transição
  • Cidades que ficam em lockdown: Sobral, Juazeiro do Norte, Iguatu, Crato, Barbalha, Brejo Santo e Tianguá.

O plano de retomada das atividades apresentado pelo Governo do Ceará prevê quatro fases até o retorno integral do funcionamento dos setores. Fortaleza é a única cidade na segunda etapa de abertura, com a abertura, sob regras, de lojas, restaurantes e igrejas. (veja abaixo o que pode funcionar em cada fase).

Cada etapa tem prazo de 14 dias. A cada nova fase a quantidade de atividades econômicas em funcionamento é expandida. Caso os critérios de controle da doença não apresentem tendência de queda, a reabertura estaciona ou retrocede.

Nesta semana, o Ceará passou do patamar de 100 mil diagnósticos positivos de Covid-19 e tem 5.987 mortes pela doença, segundo dados deste sábado (27) da plataforma IntegraSUS.

Sobral

O município de Sobral concentra o maior número de casos confirmados do novo coronavírus na Região Norte. Nesta sexta-feira (26), a cidade ultrapassou a marca de 6 mil casos de infecção pelo Sars-CoV-2, ficando como segunda do Ceará com maior acúmulo de infectados, atrás somente de Fortaleza.

Em 30 de maio, por meio do decreto estadual, Sobral e outros seis municípios cearenses aderiram as medidas mais rígida entraram em lockdown. Cerca de 70 policiais foram acionados para reforçar o trabalho de fiscalização na cidade. Ruas do Centro de Sobral foram bloqueadas, entradas e saídas da cidade receberam barreiras sanitárias, com controle do tráfego de veículos.

Cariri

Com o crescimento, em 20 dias, de mais de 300% no número de casos confirmados, o governador implantou também o lockdown na cidade de Juazeiro do Norte, que começou a valer na segunda-feira (22). A cidade é uma das maiores do interior do Ceará, sendo polo industrial, comercial e de prestação de serviço no Cariri cearense e ultrapassou os 1.377 casos da Covid-19, com 75 óbitos, segundo o IntegraSUS nesta sexta (26).

Estão sendo utilizadas barreiras sanitárias para diminuir o fluxo de pessoas entre Juazeiro do Norte e municípios vizinhos. Dessa forma, as duas maiores cidades do interior cearense – Sobral (208 mil habitantes) e Juazeiro do Norte (274 mil), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – adotaram o regime de lockdown para evitar a proliferação da Covid-19.

Nordeste Notícia
Fonte: SVM

Comente com Facebook