“Boa noite amigos e amigas.

Mesmo entendendo que os fatos estão devidamente explicados, por ser um homem público julgo por bem esclarecer as notícias veiculadas nos últimos dias, referentes à aquisição de um veículo pela Prefeitura, o que vem sendo explorado tendenciosamente como se fosse um ilícito, que, na verdade, não é.
Primeiramente gostaria de reafirmar meu respeito por todas as autoridades constituídas, incluindo-se aí o Ministério Público, que, embora por vezes discordando, como no caso presente, não deixamos de respeitar seus posicionamentos. Oportunamente demonstraremos documentalmente que não houve qualquer irregularidade, seja na aquisição, seja no uso do veículo, muito menos qualquer forma de enriquecimento ilícito.
O município adquiriu uma caminhonete Trailblazer no valor de R$ 147.000,00, aderindo a uma licitação na modalidade registro de preços realizada pelo Exército Brasileiro. Vale informar que, na época, o valor de mercado do veículo era em torno de R$ 205.000,00, de forma que o município economizou bastante dinheiro na referida compra. O pagamento do veículo não foi feito com recursos da Secretaria de Educação, mas sim do FPM – Fundo de Participação dos Municípios.

PUBLICIDADE

Os veículos do município estão à disposição das Secretarias como um todo, conforme a demanda de cada uma delas na prestação dos serviços à população, com administração destes centralizada na secretaria de transportes do município. Desse modo, com a Caminhonete Trailblazer não fora diferente. Ora, despenderia muito mais gastos para o Executivo caso alugássemos um veículo, com motorista para prestar serviços ao Gabinete, que, frise-se, desde o início desta Gestão não possui veículo oficial para seu uso próprio. Ao contrário, adquirimos um carro condizente às formalidades dos cargos de Secretários e Chefe do Executivo, por uma quantia bem menor que o preço de mercado, e que serviria indistintamente aos setores da Administração.

Considerando ainda que eu mesmo conduzo o veículo quando estou fazendo uso do mesmo, ainda não há gastos com motorista, que seriam plenamente legais se assim optássemos, como ocorre em outros municípios, inclusive, menores que o nosso.
Sendo essas a nossa manifestação, esperamos que tenham ficado claras nossas intenções de economia ao adquirir o veículo mencionado, vez que há muito menos do que se alugássemos mensalmente um carro e pagássemos motorista para conduzi-lo.
Hoje, Ipueiras tem uma das maiores frotas de veículos do Ceará, todos destinados a uso exclusivamente voltado à atividade pública, através da colaboração conjunta das Secretarias e do Gabinete.

Permaneço, como sempre estive, à inteira disposição de toda e qualquer autoridade pública para esclarecimentos, certo do cumprimento irrestrito do meu dever.

Grande abraço,

Nenem do Cazuza
Prefeito de Ipueiras.”

Comente com Facebook