Um sonho mexeu com o pequeno Otávio Coelho, de 10 anos, natural da cidade de Paulistana, no sul do Piauí. Acordar daquela final de Copa do Mundo imaginária em que o Vasco era finalista motivou o pequeno goleiro a arregaçar as mangas e fabricar a própria camisa para se sentir parte do time. A foto da camisa feita com cola e papel acabou viralizando na internet e tornou o pequeno sonhador uma estrela cruz-maltina nas redes sociais. O Vasco se mobilizou para encontrar o garoto, que passou a curtir os minutos de fama.

“- Eu sonhei que o Vasco estava em uma final de Copa e fiquei só pensando, pensando, aí resolvi fazer essa camisa. Eu fiquei muito feliz (com a repercussão) e também muito impressionado porque eu não esperava. Eu só tirei uma foto e toda hora era mensagem – disse Otávio no intervalo das aulas do 5º ano, em Paulistana.”

Otávio Coelho exibe aos vizinhos camisa feita com cola e papel  (Foto: Arquivo Pessoal)
Otávio Coelho exibe aos vizinhos camisa feita com cola e papel
PUBLICIDADE

A fama repentina nasceu nas redes sociais. A despretensiosa foto publicada pelo irmão Matheus Coelho, de 18 anos, chamou atenção dos torcedores do Cruz-Maltino. O Vasco abriu uma caçada para identificar o pequeno piauiense.

Filho mais novo de Naildon Gomes e Maria Coelho, Otávio leva uma vida simples no sudoeste piauiense, portão de entrada para o sertão nordestino. Os treinos na escolinha de futebol da cidade, iniciados há dois anos, o colocaram no gol, posição que ele faz questão de assumir preferência.

– Ele é um menino muito bom, sempre carinhoso e ajuda todo mundo da vizinhança. No domingo, ele pegou fita, papel e fez essa camisa. Ele me chamou, e eu disse que ia mostrar para o pai dele para comprar uma que prestasse. Até brinquei: ou é muita pobreza ou é muita paixão por esse Vasco (risos). Mas ele sempre disse que, por mais que o time esteja em uma fase ruim, ele sempre vai ser Vasco – confessou a mãe, funcionária de uma funerária na cidade natal da família.

A pausa no Campeonato Brasileiro por conta da Copa do Mundo interrompeu a rotina de Otávio, que, segundo os pais, assiste a todos os jogos. Enquanto ocupa o tempo com os estudos e os confrontos do Mundial na Rússia, o pequeno artista conta os dias para o clássico com o Fluminense, dia 19 de julho, em São Januário, na retomada do Brasileirão na 13ª rodada.

Fonte: G1.com

Comente com Facebook