Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Aos 58 anos de idade, o ator Edson Celulari divulgou, nesta segunda-feira (20), que foi diagnosticado com linfoma não-Hodgkin, câncer que acometeu recentemente o também ator Reynaldo Gianecchini e a presidente afastada Dilma Rousseff. A doença tem 60 subtipos reconhecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e, até o momento, ainda não se sabe qual deles afeta Celulari.

PUBLICIDADE

“O linfoma de não-Hodgkin é um câncer que vem dos linfócitos. Suas ocorrências são subdivididas de acordo com o tipo de célula que está presente nele”, explica Jorge Vaz, membro da diretoria da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH). “Os mais comuns são o difuso de grandes células B, que corresponde a 30% de todos os casos, e o linfoma folicular, presente em 20% dos diagnósticos. As chances de cura são altas em ambos, mas especialmente no difuso de grandes células B, em que curamos a maior parte dos casos”.

Nordeste Notícia
Fonte: R7

 

Comente com Facebook

Clique na imagem!