Arthur marcou duas vezes e deu a vitória ao Ceará sobre o Cruzeiro. Foto: Felipe Santos/Ceará

Em noite inspirada de Arthur, o Ceará bateu o Cruzeiro por 2 a 0 em pleno Mineirão, nesta quarta-feira, 24. O resultado fez o Vovô ganhar três posições na tabela, deixando a zona de rebaixamento para trás e assumindo a 14ª colocação.

Os gols do Alvinegro saíram na segunda etapa, ambos em contra-ataques. No primeiro, Arthur trabalhou jogada com Leandro Carvalho e marcou no rebote cedido por Fábio. O outro foi um gol típico de centroavante, cara a cara com o goleiro adversário e chute rasteiro.
O Ceará volta para casa com metade dos pontos que foi disputar no sudeste. O próximo adversário é outro mineiro, o Atlético-MG, segunda-feira, 29, no Castelão.
O Jogo
Com uma escalação mais modificada que o esperado – Além de Fabinho, que herdou a vaga de Samuel Xavier, suspenso, Lisca deixou no banco Felipe Jonatan, Juninho Quixadá e Edinho, lançando a campo João Lucas, Ricardinho e Juninho, respectivamente -, o Ceará entrou em campo precisando vencer o Cruzeiro para deixar a zona do rebaixamento. A partida ainda era válida pela 28ª rodada, o que significava que depois dela o Vovô estaria igual em número de jogos com todos os concorrentes diretos, aumentando a pressão pelos três pontos.
No primeiro tempo o Cruzeiro foi melhor. Finalizou mais, ficou a maior parte do tempo com a bola e soube construir jogadas ofensivas mesmo com um gramado pesado, devido a chuva. As duas melhores oportunidades da Raposa foram com Rafinha. Primeiro ele aproveitou lançamento de Robinho e desviou a trajetória da bola com o pé direito, obrigando Everson a fazer boa defesa. Depois recebeu passe rápido de Barcos e na pequena área chutou forte, mas a bola explodiu na trave.
O Ceará também teve duas boas chances na etapa inicial, ambas com Arthur. Primeiro ele finalizou de fora da área, rasteiro, bem próximo da trave direita do goleiro cruzeirense. Depois, numa lambança na saída de bola dos mineiros, fez pressão e Fábio chutou em cima dele, quase cedendo um tento. O placar chegou ao intervalo sem modificações.
O segundo tempo começou com panorama parecido. Nos primeiros 15 minutos, nenhuma das duas equipes teve chance clara de marcar. Até que aos 17 minutos, numa roubada de bola na defesa, Arthur partiu em contra-ataque e Leandro Carvalho acompanhou. Eles foram trocando passes até a grande área contrária, quando o centroavante serviu Carvalho, que finalizou. Fábio espalmou e no rebote, Arthur empurrou para a rede.
A equipe da casa tentou correr atrás do prejuízo e em bolas aéreas, Barcos e Raniel assustaram o goleiro Everson. Para conter o ímpeto cruzeirense e resguardar o resultado, Marcelo Rospide, que substituiu Lisca na área técnica, lançou o zagueiro Valdo. Com uma linha de cinco jogadores, o Vovô dificultou a vida dos mineiros e passou a roubar mais bolas. Uma delas, feita por Richardson, aos 35 minutos, sequenciada de um lançamento para Arthur. O centroavante partiu do campo de defesa, desconfigurando impedimento. Ele carregou a bola até a entrada da área e bateu rasteiro, vencendo o goleiro Fábio.
Com 2 a 0 no placar, o Ceará sabia que o resultado estava consolidado e apenas administrou placar até o final. O Alvinegro alcançou os 34 pontos e ultrapassou Vitória, América-MG e Vasco da Gama.
Nordeste Notícia
Fonte: O Povo

Comente com Facebook