Com o gol marcado contra o São Bento e em alta dentro da equipe, Marlon se torna um dos preferidos de Ceni

Image-0-Artigo-2458755-1
O coringa Marlon vem colaborando, com seu estilo de jogo de muita correria, com a evolução tática do Fortaleza e com uma maior consistência do time, notadamente na recomposição do meio-campo, ao lado d e Felipe e Dodô. ( FOTO: JL ROSA )

As duas vitórias do Fortaleza na Série B do Campeonato Brasileiro, sobre Vila Nova/GO e São Bento/SP, na Arena Castelão, evidenciaram um crescimento do setor de meio-campo, onde Felipe mostrou regularidade; Dodô colaborou com mais precisão na organização de jogadas e o “coringa” Marlon despontou marcando gol, depois de mais de quatro meses tentando.

A lesão muscular de Marlon o retirou de dois dos quatro jogos em que o Leão passou sem vencer na competição, o que de certa forma, contribuiu para a oscilação do time.

No atual momento, o técnico Rogério Ceni vem utilizando Marlon como segundo volante, mas o atleta já atuou, desde que chegou ao clube em maio de 2018, como atacante pela direita e meio-campista. Seu espírito de luta, disciplina tática e condição física, credenciam-no para ser um dos preferidos de Rogério Ceni no time.

Diante do São Bento, surgiu seu primeiro gol com a camisa tricolor: “Eu sempre frisei que estava muito tranquilo sobre esse quesito do gol, mas lógico, eu sempre busquei, mas a bola teimava em não entrar, ela desviava e passava perto, mas fiquei tranquilo, porque uma hora ela ia entrar, como aconteceu”.

Marcelo Boeck

Quatro dias após sair de campo, no jogo contra o São Bento/SP, pela 29ª rodada, com fortes dores lombares, o goleiro Marcelo Boeck, já começou a treinar fisicamente e deu mostras de que estará recuperado para jogar contra o Brasil de Pelotas.

A partida pela 30ª rodada acontecerá no próximo dia 5 de outubro, às 20h30, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas/RS. Haverá tempo para uma recuperação do atleta, conforme ele mesmo projetou, ao ser flagrado correndo em volta do campo, no CT Ribamar Bezerra, na manhã desta sexta-feira (28).

“Até ontem (quinta-feira), eu não conseguia dar uma risada, sequer fazer muita força. Criou até um caroço no local de duas joelhadas que eu tomei, de duas bolas cruzadas que eu saí para fazer a defesa. Mas de ontem para hoje, melhorou muito e consegui dar uma corrida no campo”, explicou ele.

A previsão do departamento médico, se tudo correr bem, é que Marcelo Boeck já comece a treinar com bola na próxima segunda-feira. A preparação envolverá diferentes atividades. O lateral-direito Tinga, com uma pancada no tornozelo, continua em tratamento. O elenco ganha folga neste final de semana.

Nordeste Notícia
Fonte: Diário do Nordeste