Uma vitória tiraria o Ceará da zona de rebaixamento. O resultado não veio, mas o Vovô manteve a sequência de recuperação na Série A do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo, 9, o Alvinegro empatou em 0 a 0 com o América-MG, no estádio Independência, em Belo Horizonte, e chegou ao seu terceiro jogo seguido de invencibilidade.
Com o empate, o Vovô permanece na 18º posição, mas agora com 24 pontos na tabela, mesma pontuação do Sport, 17º colocado, e do Vasco, 16º, primeiro time fora do Z4.
O Ceará volta a campo no próximo sábado, 15, para enfrentar o Vitória, às 16 horas, no Castelão, em Fortaleza.
O JOGO
O Ceará fez um bom jogo e foi organizado desde o primeiro tempo. Apesar da partida ter passado longe de ter sido brilhante tecnicamente, o Vovô foi o time mais organizado em campo e quem se aproximou da vitória.
Sem Leandro Carvalho, Pedro Ken atuou como ponta direita, garantindo mais marcação naquele setor. As principais investidas eram então pelo lado esquerdo, com Calyson e Felipe Azevedo.
Por lá, o Vovô criou suas duas melhores chances na etapa inicial, com Calyson, aos 8 minutos, que chutou pra fora, e em cruzamento que Edinho cabeceou pro gol no último lance da etapa inicial, mas em posição de impedimento.
A melhor oportunidade de gol no primeiro tempo foi do time da casa, com Wesley, que acertou chute na trave de Diogo Silva. Tirando isso, a etapa inicial foi de poucas chances de gol.
No segundo tempo, o Ceará voltou melhor e quase abriu o placar aos 5 minutos, em ótima jogada individual de Juninho Quixadá, que Felipe Azevedo finalizou e a zaga americana tirou em cima da linha.
O Vovô seguiu melhor em busca do gol e teve mais oportunidades. Foram 10 finalizações do Ceará, contra sete do América. Porém, só três na direção do gol.
O América-MG teve mais posse de bola (56% x 44%), mas sem conseguir converter em chances de finalização.
“A gente veio buscando a vitória, mas foi um bom resultado o empate”, resumiu o atacante Arthur após o jogo.
Nordeste Notícia
Fonte: O Povo/ André Almeida