© Fornecido por Fundação Cásper Líbero

Bett se tornou o primeiro queniano a vencer uma prova de menos de 800m

Em acidente de carro ocorrido na madrugada desta quarta-feira, morreu Nicholas Bett, campeão mundial dos 400m com barreiras no ano de 2015, em Pequim-CHI. Como informa a imprensa britânica nesta manhã, o atleta estaria retornando do Campeonato Africano disputado na Nigéria quando perdeu o controle de seu carro e caiu em um barranco próximo a Nandi, cidade na região oeste do Quênia.

A Federação Queniana de Atletismo usou as redes sociais para lamentar o acontecimento, enaltecendo o corredor de 28 anos de idade como um dos maiores atletas que o país africano já teve.

Athletics Kenya (AK)

@athletics_kenya

We regret to learn of the sudden demise of one of our top athletes, the 2015 400m Hurdles World Champion who represented Kenya in the just concluded Africa Championships. Our condolences to his family and the entire athletics fraternity @moscakenya @iaaforg

“Lamentamos a súbita morte de um dos nossos melhores atletas, o campeão mundial de 2015 nos 400m com barreiras Nicholas Bett, que representou o Quênia no Campeonato Africano. Nossas condolências à família e à toda fraternidade do atletismo”, escreveu a AK.

Além da medalha de ouro em Pequim, Bett se tornou o primeiro queniano a vencer uma prova de distância menor do que 800m. Nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, Nicholas acabou não se classificando para a final. Ele sofreu uma queda nas qualificatórias e ficou de fora da disputa pela medalha.