Messi e Cristiano Ronaldo marcaram no Superclássico entre Barcelona e Real Madrid do último domingo (Foto: EFE)

Messi e Cristiano Ronaldo defendem clubes e interesses distintos, mas são sem dúvidas os dois maiores nomes do futebol na última década. Não apenas pelo nível de atuações que atingiram, mas também pelos números. Juntos, eles chegaram à marca de 1 mil gols em jogos oficiais com as camisas de Barcelona e Real Madrid, respectivamente, ao marcarem no Superclássico do último domingo – empate por 2 a 2 pela 36ª rodada do Campeonato Espanhol.

Messi é cria do Barça e joga profissionalmente desde a temporada 2004/05. Em 635 partidas, fez 551 gols, o que dá uma média de 0,86 gol por jogo.

Cristiano Ronaldo, por sua vez, estreou pelo Real na temporada 2009/10. Desde então, somou 449 gols em 436 jogos, uma incrível média de 1,02 gol/jogo.

Ou seja: os dois somam 1.000 gols em 1.071 jogos.

Se contabilizarmos os números por seleções (Argentina e Portugal) e outros clubes (Sporting e Manchester United no caso específico de Cristiano Ronaldo), a conta sobe para 1.264 gols em 1.667 jogos. Importante lembrar que não são considerados amistosos de clubes – apenas confrontos oficiais.

Na temporada 2017/18, Messi e Ronaldo disputam praticamente cabeça a cabeça. O argentino soma 44 gols em 52 jogos (0,85 de média) pelo Barcelona, enquanto o português tem 43 gols em 42 partidas (1,02 de média) com o Real Madrid. Messi é artilheiro do Espanhol (33 gols), e Ronaldo, da Liga dos Campeões (15 gols).

Fonte: Espn.com