A Polícia Civil do Município de Tauá, localizado na região do Sertão Central e Inhamuns, prendeu na manhã de ontem, um homem suspeito de matar e decapitar uma pessoa na cidade de Leme, em São Paulo, no último mês de março. De acordo com o inspetor Michel Adriano, da 14ª Delegacia Regional, o suspeito, identificado como Luiz Pio Souza dos Santos, de 44 anos, estava escondido na localidade da Lagoa do Eufrazino, na zona rural, quando foi capturado pelos agentes de segurança.

“Recebemos a informação de que ele teria cometido este crime com requintes de crueldade em São Paulo e fugido para Tauá. Ao pesquisarmos mais detalhes no sistema da Polícia Civil, também constatamos que o indivíduo já possuía um mandado de prisão em aberto, expedido pela 2ª Vara do Júri de Fortaleza, por um homicídio cometido por ele em 2007”.

Segundo apurado pela reportagem, a morte em São Paulo aconteceu há pouco mais de uma semana, mais precisamente no último dia 26. No homicídio, Adriano assassinou a vítima com golpes de coifa, instrumento comumente utilizado no corte de cana de açúcar.

O policial civil contou que, após a constatação que o suspeito estaria em solo cearense, foi formada uma equipe para iniciar as buscas pelo foragido.

Diligência

Conforme Michel Adriano, os policiais civis se dirigiram até a localidade da Lagoa do Eufrazino por terem conhecimento de que a esposa do suspeito teria uma casa na região. Ao chegarem na região, os servidores encontraram Luiz Pio na calçada e efetuaram a prisão. Surpreendido com a ação, o criminoso não teria resistido à prisão.

O inspetor ressaltou que o suspeito segue detido na 14ª Delegacia Regional. No equipamento ele teria confessado a ação praticada em Leme (SP). A Polícia Civil acrescentou que, nos próximos dias, Adriano será transferido para a Delegacia de Capturas e Polinter, em Fortaleza.

Nordeste Notícia
Fonte: Diário Do Nordeste

Comente com Facebook