Um grande personagem de Clássico-Rei precisa ter segurança. Precisa de mira. De confiança. De brilho. Arthur, na noite desta quarta-feira, uniu tudo no clássico diante do Fortaleza. E não é mais só o artilheiro do Ceará, mas do Brasil. Com dois gols dele, o time de Marcelo Chamusca venceu o de Rogério Ceni por 2 a 1, na Arena Castelão, pela primeira final do Cearense. O único gol do Tricolor do Pici veio dos pés de Gustavo, também artilheiro do Brasil, com 16 gols. O Fortaleza errou muitos passes e teve dificuldade de criar jogadas de perigo. Só Wesley e Derley demonstraram qualidade no time de Ceni. Qualquer empate ou triunfo no próximo domingo: o título ao Ceará. O Fortaleza precisa vencer para ficar com a taça.

Nordeste Notícia
Fonte: G1

 

Comente com Facebook