Fedor Emelianenko ainda carrega potência nos punhos. Na luta principal do Bellator 198, neste sábado, ele não deu chances para Frank Mir e nocauteou o americano em apenas 48 segundos de combate, pelas quartas de final do torneio de pesos-pesados da organização. Com o triunfo, o “Último Imperador” agora enfrenta o polêmico Chael Sonnen, que entrou no cage após a vitória do russo e iniciou suas provocações antes da primeira encarada entre eles.

– A única coisa que odeio mais do que estar em Chicago é estar aqui com você. Eu te garanto que da próxima vez que estiver contigo não será por muito tempo – disparou Sonnen, que não foi respondido por Fedor.

Único brasileiro do card, Neiman Gracie manteve a sua invencibilidade no MMA em grande estilo. Seguindo a linhagem de sua família, o peso-meio-médio finalizou Javier Torres aos 3m18s do segundo round. Neiman foi superior no primeiro assalto ao aplicar quedas no rival e, no segundo, mostrou sua técnica no solo quando levou para o chão. Ele montou, passou a guarda e encaixou um katagatame para liquidar a fatura. Agora são oito vitórias em oito lutas. Torres perdeu pela quarta vez em 14 confrontos e foi a primeira vez que foi finalizado.

Treinador de jiu-jítsu de Conor McGregor, Dillon Danis, que também é adepto do estilo falastrão, fez sua estreia no MMA. Diante do limitado Kyle Walker, ele começou tendo dificuldades na trocação, mas puxou para a guarda e finalizou com uma chave de calcanhar a 1m38s do primeiro assalto. Walker perdeu pela quinta vez em sete combates. O irlandês elogiou o amigo no Instagram.

– Parabéns ao meu irmão Dillon Danis pela vitória em sua estreia no MMA esta noite!