Vítima

A justiça do município de Ararendá, decretou nesta quarta feira 28/03/2018, um mandado de prisão preventiva para o ex vereador de Ararendá o senhor Chico Viturino, 75 anos , residente na localidade de Diamante –  Ararendá.

O mandado de prisão foi pedido pelo delegado Bruno Rocha de Nova Russas , e o pedido foi aceito pelo juiz da comarca de Ararendá que acabou expedindo o referido mandado.
Segundo a polícia o mandado contra o ex vereador Chico Viturino é sob a acusação do mesmo ser o mandante do homicidio que aconteceu no dia 21 de janeiro de 2018, na localidade de Lagoa Grande – Ararendá, onde a vítima foi :. Renato Bezerra do Nascimento, vulgo Renato da Pirrita, 21 anos, residente em Lagoa Grande, zona rural de Ararendá, e que foi executado a bala .
Na noite do crime, um casal (homem é uma mulher, teriam chegado em uma moto na residência de Renato onde teriam chamado o mesmo perguntando onde teria uma venda de gasolina, sendo que ao sair para atender o casal , a vítima acabou sendo morta.
Como o crime aconteceu no município de Ararendá, a polícia civil de Nova Russas passou a investigar o caso ao final das investigações o delegado Bruno Rocha decidiu por pedir a prisão preventiva do ex vereador, onde o pedido foi aceito é a juíza da comarca de Ararendá, a Dra Rafaela acabou deferindo a prisão em preventiva.
Ainda segundo o que apurou a polícia, o senhor Chico Viturino teria mandado matar Renato da Pirrita porque o mesmo teria furtado vários animais (ovelhas) avaliadas em 10 mil reais, do senhor Chico Viturino.
Vale salientar que atualmente o ex vereador Chico Viturino se encontra preso na delegacia de polícia civil em Crateús , onde o mesmo também é acusado de ter envolvimento em um outro homicidio no município de Ipaporanga onde a vítima foi João Paulo Rufino, crime ocorrido também no ano de 2018.
Nordeste Notícia com informações do Repórter Gonçalinho Rodrigues

Comente com Facebook