martin silva vasco suvre pênalti libertadores (Foto: Carlos Gregórioa Jr / Vasco)

A classificação do Vasco para a fase de grupos da Libertadores passou diretamente por Martín Silva. Ele foi o responsável por dar a vitória ao time na disputa de pênaltis ao defender três cobranças depois que a equipe perdeu no tempo normal por 4 a 0 para o Jorge Wilstermann, em Sucre, na Bolívia. O uruguaio escreveu mais um capítulo para ampliar sua idolatria no Vasco.

Seu posto de maior referência do clube atualmente ficou ainda mais claro depois da saída de Nenê e Anderson Martins. Os torcedores lembram que ele já aceitou defender o Vasco na Série B e, embora esteja com salários atrasados e insatisfeito com muitas coisas dentro do clube, não abandonou o barco.

Sério, com personalidade forte e avesso a badalação de entrevistas, Martín acabou como centro das atenções após a classificação. Após dar entrevistas, foi muito festejado pelos companheiros, que fizeram questão de abraçar e agradecer. Durante o jogo, o goleiro havia reclamado muito da forma repetitiva que o Vasco levou os gols, todos os quatro em cruzamentos para área.

– Sofremos demais, estamos muito bravos com nós mesmos. Três gols no início era tudo que não podia, até do jeito que aconteceu, era o jeito deles. Mas nos classificamos, o objetivo é sempre passar. É corrigir muita coisa, mas estamos fazendo um campeonato muito bom. Voltamos ao Brasil com a classificação – disse o arqueiro.

A delegação do Vasco retornou de Sucre para Santa Cruz de la Sierra logo após o jogo. No início da tarde desta quinta os jogadores embarcam rumo ao Brasil.

Fonte: Foxsport.com