O Brasil já sabe onde vai enfrentar a Rússia no amistoso do dia 23 de março. A CBF confirmou nesta terça-feira que a primeira partida da Seleção em 2018 será realizada no estádio Luzhniki, palco da final da próxima Copa do Mundo. A cidade de Moscou será a única das 11 sedes com dois estádios no torneio.

Luzhniki recebeu amistoso entre Argentina x Rússia (Foto: Reuters)
Luzhniki recebeu amistoso entre Argentina x Rússia

Após o sorteio que colocou o Brasil no Grupo E, a CBF fez uma consulta sobre a possibilidade de o amistoso ser disputado no estádio do Spartak, onde a Seleção enfrentará a Sérvia, no dia 27 de junho, pela terceira rodada da Copa do Mundo.

Com a confirmação, o coordenador Edu Gaspar tenta a partir de agora que a Seleção faça pelo menos um treino no Spartak. A ideia da comissão técnica é aproximar o grupo o máximo possível do ambiente que encontrará no Mundial.

Apesar disso, em março, o Brasil não passará por Sochi, sua casa durante a Copa. Como haverá só quatro dias de treinos para o amistoso contra a Rússia, a opção será por não inserir uma viagem de avião no meio dessa programação.

Além da Sérvia, em Moscou, a Seleção também terá pela frente, na primeira fase da Copa do Mundo, a Suíça, dia 17 de junho, em Rostov-on-Don, e a Costa Rica, dia 22, em São Petersburgo.

O estádio Luzhniki tem capacidade para cerca de 80 mil torcedores e está acostumado a receber grandes eventos. Em 2008, por exemplo, foi lá que o Manchester United, da Inglaterra, conquistou sua última Liga dos Campeões da Europa, em cima do Chelsea. Também foi uma das sedes dos Jogos Olímpicos 1980.

 Com pouco mais de 60 anos de idade, o Luzhniki foi inaugurado em 1956. Na Copa do Mundo de 2018, será palco de sete jogos, incluindo a abertura, uma semifinal e a final da competição.
Fonte: Globoesporte.com