Felipe Massa anunciou no último sábado a decisão de se aposentar de vez da Fórmula 1, após ter desistido de parar no início do ano com o convite da Willams para permanecer na equipe com a saída de Valtteri Bottas para a Mercedes. Na primeira entrevista após o anúncio da saída definitiva da categoria, no programa “Bem, Amigos!” desta segunda-feira, o piloto admitiu que gostaria de continuar na categoria por mais um ano, mas que uma conversa com a diretoria da Williams o fez decidir parar.

– Estou super satisfeito com o jeito que eu guiei este ano. Poderia estar fazendo um outro campeonato sim, porque eu me diverti bastante este ano. Tive uma conversa com a minha equipe, que sinalizou, já há algum tempo, que a situação financeira é muito difícil, muito complicada. Em uma conversa, disse que queria saber até o GP Brasil se o caminho (da Williams) seria comigo ou não. E a equipe me informou que o caminho seria outro (…) Por mais um ano teria (vontade). Estou me sentido bem fisicamente, estou guiando bem pelo carro que a gente tem – afirmou.

Massa afirmou que a vontade de permanecer na Williams tem relação com a expectativa que o carro da escuderia inglesa melhore para 2018 em relação aos modelos dos dois últimos anos.

– Tenho uma informação dentro da equipe sobre o carro do ano que vem. Não vai ser um carro para ganhar o campeonato, mas pode ter evolução em relação aos dois últimos anos, que não eram carros competitivos. Por isso também tinha a vontade de continuar, quem sabe para ter um carro melhor. Mas isso não vai acontecer – garantiu.

Questionado se havia tomado a decisão certa ao ter desistido da aposentadoria e disputado a temporada 2017, Massa garantiu que se divertiu “muito” neste ano e disse que poderia ter o dobro de pontos se tivesse mais sorte em algumas corridas.

– Acho que sim. Me diverti muito esse ano. Tive falta de sorte em algumas provas, nas quais perdi muitos pontos. Tive até a possibilidade de vencer em Baku (no GP do Azerbaijão), mas o carro quebrou (…) Para voltar, conversei com a minha família, com amigos. Na verdade, segui meu coração (ao desistir de parar). Eu gosto de fazer isso (de correr). Me diverti bastante este ano, encerro feliz. Foi legal guiar um carro com tanta aerodinâmica.

Fonte: Sportv.com