Samuel Rodrigues Alves, estudante, conhecido por Samuel filho do Pastor Bonfim,  natural de Ipaporanga, residente na localidade de Cacimba Nova, região do Distrito de Cajás do Jorges – Ipaporanga, foi condenado nesta quarta feira 01/11/2017, a uma pena de 20 (vinte) anos de prisão, pelo crime de estupro de vulnerável.
A condenação (sentença), foi aplicada pelo Dr Diogo Sacramento, juiz de direito da
comarca de Ipaporanga.
Samuel Rodrigues Alves se encontra preso desde o dia 17/01/2017, quando foi preso através de um mandado de prisão preventiva.
Na época a vítima do estupro foi uma criança de apenas 08 anos de idade (sobrinha do acusado).
Que a condenação de 20 anos de prisão, aplicada para o acusado Samuel, sirva de exemplo para outras pessoas que pensam que abusar de crianças não tem punição.
Nordeste Notícia com informações de Gonçalinho Rodrigues